Entre 12 de julho e 6 de setembro, o “Artes à Rua” invade as ruas da cidade de Évora com uma programação recheada de dança, cinema, exposições, música, teatro e várias residências artísticas.

Com uma programação pensada e criada por mais de 50 agentes culturais, o cartaz resulta numa oferta variada que chama até si todos os gostos. Haverá, assim, música de orquestra, hip-hop, cante alentejano e jazz. Guitarras ao Alto, David Murray e Saul Williams, Sequin e Salvador Sobral são alguns dos nomes que marcarão presença. Uma das características deste Festival, que dura ao longo de várias semanas, é a sua participação noutros festivais que decorrem em simultâneo, como será o caso, este ano, do “Evora África”, o “Alentejo Festival Internacional de Artes”, e o “Art Fest Patrimónios”.

“ATH-THURDÂ, uma receita musical, de Évora par o mundo!”, “Sulcando”, que resulta da fusão de três estilos de canto tradicional do sul da Europa (o Flamenco, o Fado e o Cante Alentejano), e “P.L.I.N.T. com Orquestra do Alentejo”, que nasce a partir do Evora Jazz Fest, são três dos espetáculos para ver no “Artes”.

Espalhado pela cidade, este é um festival que se pretende sem muros, e por isso, de entrada livre. Para ficares a par dos locais e datas certas podes ir acompanhando aqui.

créditos: Fede-Casanova, Unsplash.