Claudia Clemente é uma artista multidisciplinar. Licenciou-se em Arquitectura na F.A.U.P. e estudou Cinema em Barcelona e Lisboa. Divide o seu trabalho pela escrita, a realização cinematográfica e a fotografia.

Escreveu, produziu, realizou e montou diversas curtas metragens.

Publicou os livros de contos “O caderno negro” e “A fábrica da noite”, a peça “Londres” (Grande Prémio de Teatro S.P.A./Teatro Aberto 2011), e o romance “A casa azul, finalista do Prémio Livro do Ano – Time Out e do Prémio Literário Casino da Póvoa – Correntes d’Escritas 2016.

A sua série de auto-retratos satíricos “Playing with myself” foi iniciada em 2010.

http://www.claudiaclemente.org