São mais de 60 espetáculos gratuitos, durante dois fins-de-semana, a partir de 13 de julho, em Abrantes, Alcanena, Constância, Ferreira do Zêzere, Mação, Sertã, Torres Novas e Vila de Rei. Este é o segundo momento de 2018, da rede cultural Caminhos do Médio Tejo, um programa que liga os trezes municípios do Médio Tejo.

Os Caminhos da Água realizam-se nos dias 13, 14, 15, 19, 20, 21 e 22 de Julho, com espetáculos gratuitos destinados a todo o tipo de gostos e idades. O leque de ofertas culturais é amplo, com propostas nas áreas da música, teatro de rua, circo contemporâneo, e até jogos e histórias para usufruir em família ou o desafio para percorrer os diversos percursos artísticos.

Na música, há Alexander Search (Ferreira do Zêzere), projeto criado e liderado por Júlio Resende, Samuel Úria (Constância), Bonga (Alcanena), provavelmente o maior embaixador da música angolana em Portugal, Isaura (Constância), que após a viagem à Eurovisão, apresenta o seu álbum de estreia, Joana Barra Vaz (Alcanena) traz-nos um envolvimento entre a folk e a eletrónica, e ouvem-se sonoridades acústicas de Les Saint Armand e de Valter Lobo. Juntam-se o poder da voz, do jazz e dos blues de Budda Power Blues & Maria João (Sertã), os explosivos Melech Mechaya (Vila de Rei) e a experimentação sonora de Sonoscopia (Torres Novas), que apresentam Microscopiofonia, um projecto a estrear em Julho.

O teatro na rua acontece com espetáculos de Circolando – Água (Abrantes e Torres Novas), PIA – Entremundos (Sertã), Projeto EZ – EZ SUB (Abrantes, Alcanena, Constância, Ferreira do Zêzere, Mação, Sertã, Torres Novas e Vila de Rei) e Ytuquepintas – Sueños de Arena (Abrantes e Vila de Rei) e há circo contemporâneo com Vol’e Temps (Constância e Ferreira do Zêzere) e The Funes Troup (Alcanena e Vila de Rei).

Há ainda propostas para os mais pequenos e as suas famílias, com Casa das Brincadeiras (Sertã e Torres Novas) ou as Histórias do Bestiário Tradicional Português (Constância e Mação), ou o desafio a acompanhar os percursos de cinco artistas para se encontrarem novas paisagens em trilhos de todos os dias, com Ana Bento (Ferreira do Zêzere), BURILAR (Vila de Rei), Francisco Goulão (Abrantes), João Bento (Sertã) e Tiago Correia (Alcanena).

Sabe mais aqui.