E aquele momento em que viramos uma esquina e repentinamente esbarramos em alguém? Aquele esbarrar trapalhão, que quase parece uma placagem num jogo de rugby. O Gil não se deixa atrapalhar com estes encontros rápidos e, em 5 minutos, resolve a coisa com algumas perguntas. Encontrou o Rogério depois da Ignição Gerador #1 de Sábado e este foi o resultado :-)

Encontrei-te na Esquina #1 com Rogério Jacques

Com que idade te sentes?
Não tenho idade definida. Felizmente sinto-me intemporal.

O que é uma ideia?
Tenho a ideia de que as ideias pairam no ar. Uns captam-nas melhor do que outros.

Qual é a melhor história que conheces?
É comum… Uma coisa muito simples. Como umas pessoas se queixam constantemente, e aparentemente sem razão; e outras, a quem aconteceu tudo, permanecem as mais optimistas. Uma prima minha perdeu o marido e a filha num curto espaço de tempo – e está sempre a sorrir.

Quando foi a última vez que te deparaste com algo transcendente?
Quando fui pai.

(Entrevista por Gil Sousa. A Fotografia é da Catarina Sanches)