A 14 de Maio arrancou mais uma edição do Festival de Teatro – Felizmente há Lumiar, integrado nas comemorações dos 750 anos da freguesia do Lumiar.

Até dia 3 de Junho são vários os espectáculos espalhados por vários palcos da freguesia, destacando-se o Auditório da Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro, Academia Musical 1º de Junho de 1893, o Colégio de S. Tomás, os Inválidos do Comércio, a Quinta das Conchas ou a Estrada de Telheiras.

Para além dos espectáculos programados para o festival, este estende-se ainda a workshops e seminários dedicados às artes dramáticas, mas também às escolas da freguesia, com uma programação própria dedicada ao público escolar.

Da programação do Felizmente há Lumiar, destacam-se as peças Meu Tesouro Liberdade, uma produção do Teatro Ibisco com encenação da atriz Susana Arrais e ainda a Tempestade Num Copo de Água, interpretada pelas atrizes Teresa Macedo e Ana Cloe, baseada no texto Tempestade de William Shakespeare. Estas duas apresentações terão lugar no Museu Nacional do Teatro e da Dança, nos dias 27 e 20 de maio, respetivamente, pelas 21h30.

O Felizmente há Lumiar, que pretende levar o teatro a diversas zonas da freguesia do Lumiar, é organizado pela Junta de Freguesia do Lumiar em parceria com grupos de teatro locais e instituições culturais, tais como o Museu Nacional do Teatro e da Dança, o Colégio de S. Tomás, a Academia Musical 1.º de Junho de 1893 ou os Inválidos do Comércio.

Não percas ;-)