IGNIÇÃO GERADOR #7

À ESPERA DE SAMUEL

De Cláudia Lucas Chéu

Já Mário Cesariny se queixava: “Batem palmas e depois deixam-me ir sozinho para casa”. A verdade é que muitos têm esperado por Godot, muitos têm aplaudido a primeira peça de Samuel Beckett (estreada em 1953), mas é possível que Beckett, como Cesariny, tenha ido muitas vezes “sozinho para casa”. Poucos são, em suma, os que esperam pelo Mário, ou pelo Samuel – nome que aqui simboliza o de qualquer autor, mas ao qual é retirada a solenidade de uma ideia de criação.

As duas personagens estão à espera do Samuel, sim, mas na verdade o que desejam não é a sua obra; é a sua vida. Talvez queiram casar com ele junto à Fontana di Trevi. Talvez queiram apenas sentir-se, elas mesmas, um pouco menos sós. Até porque desconfiam que nem sequer existem, a não ser uma para a outra, na cabeça uma da outra. Só o Samuel, porventura, lhes devolverá a existência. Se o Samuel existir. Existiremos, pois, uns sem os outros?

Esperamos por quem?

Texto: Cláudia Lucas Chéu, Filipa Leal, Maria Quintans

Dramaturgia: Cláudia Lucas Chéu

Interpretação: Claudia Lucas Chéu, Maria Quintans

TEJO MAR

Um filme de Bernard Lessa

João, um estudante de teatro português, está terminando sua temporada de estudos no Rio de Janeiro. É sua última semana deste lado do oceano, e ele redescobre o Rio de Janeiro ao qual chegou há dez meses. E diante dessa nostalgia em seu modo de encarar essa cidade à qual ele diz “Adeus” (ou “até logo”) ele encontra Marina, uma bela brasileira que o desperta dúvidas pouco antes de sua partida.

Direção: Bernard Lessa      Duração: 22´     Ano: Brasil – RJ 2003

Roteiro: Bernard Lessa       Produção Executiva: Bernard Lessa

Fotografia: Bernard Lessa e Denis Augusto   Câmera: Bernard Lessa e Denis Augusto

Arte: Laura Shaulders e Sergio Batista

Som: Caique Mello

Edição: Bernard Lessa

Edição de Som: Thiago Piccinini

Texto Declamado: Juliana de Moraes

Elenco: Welket Bungué, Luísa Pitta, Silvana Pinto, Julia Deccache, Paula Durand

 IGNIÇÃO GERADOR #7