Começa hoje, dia 3 de maio, a 14ª edição do festival de cinema independente IndieLisboa, que dura até 14 de maio. 

Não sabes o que é o IndieLisboa?

É um festival português que te permite ver filmes portugueses e estrangeiros de todos os géneros (ficções, documentários, animações, filmes experimentais, entre longas e curtas metragens), que não poderão ser vistos de outra forma, uma vez que não integram, na sua maioria, os chamados circuitos comerciais de distribuição. É também um espaço que envolve os convidados e espectadores, proporcionando diversas possibilidades de enriquecimento profissional e pessoal nas suas actividades paralelas: debates, seminários, conversas, encontros, convívios, festas e concertos.

5 sugestões filmes para veres nesta edição:

Amor, amor – Jorge Cramez

Esta é uma comédia dramática de enganos, com os actores Jaime Freitas, Eduardo Frazão, Ana Moreira, Margarida Vila-Nova e Joana de Verona – é inspirada num texto de Corneille. Tudo se passa num único dia, o último do ano. No dia seguinte, é possível a mudança.

Sessões:

2017-05-07 – 18:00 – Culturgest – Grande Auditório
2017-05-10 – 11:00 – Culturgest – Pequeno Auditório
2017-05-13 – 16:45 – Culturgest – Pequeno Auditório

 

Cidade pequena – Diogo Costa Amarante

Diogo Costa Amarante (As Rosas Brancas, IndieLisboa 2014) venceu o Urso de Ouro, em Berlim, com Cidade Pequena, uma experiência sensorial sobre um menino que descobre o que é morrer.

Sessões: 

2017-05-10 – 19:00 – Cinema São Jorge – Sala Manoel de Oliveira
2017-05-12 – 19:00 – Cinema São Jorge – Sala 3

 

Colo – Teresa Villaverde

Este filme retrata uma família em desintegração, por acção da crise económica. O pai (João Pedro Vaz) perdeu o emprego e é a mãe (Beatriz Batarda) que sustenta a casa. Colo é um filme silencioso sobre a solidão e acompanha, paralelamente, a filha adolescente (Alice Albergaria Borges), que tenta encontrar o seu caminho por entre as novas limitações financeiras.

Sessões: 

2017-05-03 – 21:00 – Cinema São Jorge – Sala Manoel de Oliveira

 

Ferro Sangue – Fábio Penela

Num dos dias mais quentes do ano, numa fábrica metalúrgica, um homem vê-se impedido de ir ao aniversário da filha: Ferro Sangue é sobre o desespero e uma consequente espiral de violência.
Sessões: 

2017-05-06 – 16:30 – Cinema São Jorge – Sala Manoel de Oliveira

 

A Construção da Villa Além – Ana Resende, Miguel Tavares, Rui Manuel Vieira, Tiago Costa

A Construção da Villa Além é um filme realizado por quatro realizadores, em que filmam a construção de uma casa no Alentejo, da paisagem virgem ao edifício habitado, percorrendo todos os passos intermédios.
Sessões: 

2017-05-06 – 16:30 – Culturgest – Pequeno Auditório