“Leopard in a Cage”, de Julião Sarmento, com curadoria de Filipa Oliveira e Nuno Faria, e “Mundo Flutuante”, de Pedro A.H. Paixão, com curadoria de Nuno Faria, para ver a partir de amanhã, dia 29 de junho, pelas 21:30h, marcam o 2º ciclo expositivo deste ano no Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG).

Em “Leopard in a Cage”, um projeto pensado desde 1975, o artista plástico de Lisboa, Julião Sarmento, dá a conhecer um conjunto de obras inéditas, algumas nunca antes mostradas, outras especialmente criadas para esta exposição, em que o tema animal e o tema do desejo assumem grande destaque. Numa lógica um bocadinho diferente, a exposição de Pedro A.H. Paixão, que recentemente venceu a primeira edição do Prémio Naviagtor Arte em Papel, apresenta uma retrospectiva do seu percurso, com alguns dos seus primeiros trabalhos, recuando até 1996, e de outros, mais recentes, pensados para uma articulação com a exposição permanente do CIAJG. Essa coleção, instalada do piso -1, inclui peças de Arte Africana, Arte pré-colombiana, Arte antiga chinesa e obras do artista que dá nome ao Centro, o pintor José de Guimarães.

As duas exposições, de entrada livre, poderão ser visitadas até 7 de outubro. Também a partir de amanhã, dia 29, mas até 12 de agosto, poderás ver “Lábios de Flamingo”, um “Museu imaginário dentro do Museu”, uma parceria com o serviço de Educação e Mediação Cultural de Guimarães.

créditos: Direitos Reservados.