Luís Severo brindou-nos este ano com um disco homónimo composto por oito canções que ainda não nos cansámos de ouvir. Nesta Mescla da Semana, Severo fala-nos de 10 músicas nacionais sem poupar nos elogios.

Mescla por Luís Severo

Jasmim – Caio

Jasmim lançou este ano o disco “Oitavo Mar” com uma mão cheia de canções belas e serenas. É acompanhado ao vivo e em disco por uma luxuosa e harmoniosa banda. Dia 21 de Julho vamos todos tocar no Lux em Lisboa – eu estreio o meu novo concerto em banda, e o Jasmim volta a apresentar o Oito Mar, após uns meses exilado na China.

Éme – Joana AQUI

Não tenho ainda a certeza absoluta se esta é a minha canção favorita do disco do Domingo à Tarde do Éme. Este é o primeiro disco do Éme que não estive envolvido em nenhuma parte do processo, o que me permite disfrutar de uma forma bastante diferente.

Vaiapraia – Paneleipunks

Perdoem-me a ousadia de escolher uma canção produzida por mim. Na verdade, eu não fiz quase nada, porque o trabalho já vinho todo feito. Limitei-me a carregar no rec, tocar um bombo que quase não se ouve na gravação, e convencer o Ró que não era preciso acrescentar nada porque já estava brutal assim só com teclado e voz.

Primeira Dama – Casa na Praia AQUI

Com uma grande produção do Coelho, o novo disco do Manelito está cheio de canções bonitas. Esta e a Mariana são seguramente as minhas preferidas.

Calcutá – Love Path Again AQUI

Este é já um clássico da Teresa, e pode agora ser ouvido no ep Over Night, editado este ano pela Spring Toast Records. O concerto de lançamento na Igreja St. George foi muito bonito!

Filipe Sambado – Já Não Vou Sair Daqui AQUI

Tenho ouvido bastante esta canção do Sambado. Aprendi a tocá-la ao piano e tenho tocado bastante nas horas mortas que passo no estúdio. Talvez um dia toque essa versão ao vivo.

Fado da Estrela do Ouro – Pega Monstro AQUI

Esta é a minha favorita do novo disco das Pega! Um disco literalmente brutal, estupidamente bem tocado e com muita muita pica. Ainda ouço muito o Alfarroba, mas parece-me ser um bom sucessor!

Ermo – Fa zer vu du AQUI

Ainda estou a digerir o novo disco dos Ermo. Achei um disco surpreendente, com muito de futuro e muito de canção minhota!

Ganso – Domingueira

O disco “Pá pá pá” dos Ganso foi gravado em Alvalade, ao mesmo tempo que o meu. Esta sobreposição causou sobrecarga ao Diogo Rodrigues, produtor comum aos dois discos. Lembro-me muito bem de ouvir esta canção durante esses meses, e talvez também seja a minha favorita deste disco que, mesmo sem participar, acompanhei de muito perto.

Veenho – Saideira

Os Veenho são os novos meninos bonitos da Maternidade e têm um ep garageiro editado pela Xita Records, que vale a pena ouvir! Eles andam aí com a pica toda e deverão lançar novas cartadas em breve.

Fotografia de Francisco Aguiar