É inaugurada hoje, 14 de julho, pelas 17h, na Associação Cultural Pessoa e Companhia, em Lisboa, a “Exposição de Fotografia Analógica e Digital” de I. Sofia dos Reis-Flood.

Sob o tema “O Tejo, a margem e os que nele se encontram”, neste trabalho, agora exposto, exploram-se os elos de ligação entre vários seres que, apesar de “pertencentes a espécies diferentes, vivem em conjunto, com vantagens recíprocas, sendo definidos como um só organismo.”.

Em março passado, a artista participou numa exposição coletiva na Fábrica Braço de Prata, em Lisboa, em que através da fotografia, mais uma vez, e da pintura, tocou a questão dos Direitos Humanos das Mulheres no âmbito da Globalização, em concreto “O caso das mulheres em Chiang Mai”.

A exposição pode ser visitada até 15 de agosto, entre as 14h e as 19:30h de segunda a sexta, e a partir das 10h até às 19h aos sábados.

créditos: Glauco-Zuccaccia, Unsplash.