Durante o mês de Maio, de dia 5 a dia 28,  festeja-se o 10.º Ciclo das Mulheres Palhaço, no Chapitô, que convida mulheres que dedicam a sua vida às artes circenses, palhaças cidadãs que põem a sua arte ao serviço do Circo. Será ao longo de 4 fins-de-semana, sempre de Sexta a Domingo, às 22h00.

Poderás contar com a presença das Palhaças Margarita (Brasil), Las Expertas (Espanha), Pepa Plana (Espanha) e Silvia Leblon (Brasil), com o objectivo de promover a igualdade no mundo e a liberdade de sermos o que quisermos ser.

Programação:

Circo en femenino plural! – 12 a  14 de Maio, 22h, Tenda do Chapitô

Las Expertas, MaríaÍ Mateo, Sandra Carrasco, Ana  Esteban Tricas, Susana Dito

Poderás assistir a números de corda acrobática, malabares, arcos chineses, acrobacia e dança, equilíbrio e humor. Um espectáculo que aborda as questões de género com mestria e proximidade, para todos os públicos.

Paraíso Pintado – 18, 20 e 21 de Maio, 22h, Tenda do Chapitô.

Cia. Pepa Plana

 

Um espectáculo divertido, que nos conecta com a face mais trágica do mundo em que vivemos e, como fazem os bons palhaços, nos coloca diante de um espelho onde nos vemos reflectidos e somos interpelados. Encontramo-nos numa mesa de escritório de uma casa qualquer entre alguns objectos quotidianos, dos quais se destaca um quadro com quatro anjos que cantam: um Paraíso pintado.

Spirulina em SPATHÓDEA – 26, a 28 de Maio, 22h, Tenda do Chapitô.

Silvia Leblon

Ela traz uma bagagem. Aos poucos revela os seus segredos, os seus brinquedos, o seu mundo peculiar. Convida a plateia a participar nesse mundo, incluindo-a na sua lógica pessoal. Mostra a que veio. Fala de morte, vida, morte-vida, desejos, ardis, superações. É funeral. É renascimento.