Está inaugurada a primeira exposição de cartazes do cinema português :-) 

A Cinemateca, a Sociedade Nacional de Belas Artes, o Hotel Tivoli e o Núcleo Contemporâneo são o palco desta exposição que elogia os cartazes dos filmes portugueses de sempre.

Até dia 30 de Novembro, os núcleos da exposição dividem-se entre os filmes entre 1933 e 2000, o cinema mudo, o realizador Manoel de Oliveira, o cineasta José Fonseca e Costa e um conjunto de mupis em plena Avenida da Liberdade, dedicados ao cinema contemporâneo.

Vale a pena espreitar. Não percas :-)