Nos dias 16 e 17 de dezembro, o espetáculo “A História do Soldado de Stravinsky”, uma composição de 1918, estará em cena no Grande Auditório da Gulbenkian, numa encenação de Jean Paul Bucchieri e com a participação dos atores Miguel Borges, João Lagarto e da bailarina Ana Jezabel. 

Uma versão da história de um soldado que vende a alma ao diabo, a troco de promessas de riqueza e poder, interpretada por músicos da Orquestra Gulbenkian e dirigida por Lorenzo Viotti.

“Stravinsky parece participar da desgraça e da solidão destas figuras, como símbolos da condição humana. Na nossa versão, procuramos dar vida a uma cumplicidade, talvez inimaginável, entre duas personagens tão aparentemente distantes. Depois, decidimos construir uma figura feminina que pudemos imaginar como foi concebida originalmente, princesa encantada, mas que quisemos imaginar também enquanto mãe, namorada do soldado ou ainda enquanto figura de um sonho, omnipresente e silenciosa, mas também inalcançável” afirma-se no comunicado de imprensa.

Nesta produção, Miguel Borges será soldado, João Lagarto, o diabo, Ana Jezabel representará a figura feminina e o maestro assumirá o duplo papel de narrador e percussionista.  

“Talvez a obra mais misteriosa e enigmática de Stravinsky”, acrescentam.

Local: Edifício Sede – Grande Auditório

Horário: Dias 16 e 17, das 20h00 às 21h30

Preço:  De 18 a 30 euros  (consultar preçário, aqui)

Fotografia de Yakov Khalip