No Barómetro Gerador Qmetrics 2021 verificámos que 70% dos portugueses continuam a considerar que a cultura está pelo menos muito presente nas suas vidas. Tal como nos anos anteriores, estes valores demonstram como a mesma é transversalmente relevante para a sociedade portuguesa. Há, no entanto, um decréscimo acentuado na faixa etária dos 15-24, onde há mais 14% do que o ano passado a afirmar que não dedicam muito tempo à cultura.

No entanto, no Interior Norte, quase 50% das pessoas respondem que, apesar da cultura ser importante, não lhe dedicam muito tempo. Este valor está bastante acima dos das outras regiões. Por outro lado, o Grande Porto e a Grande Lisboa, são as regiões onde as pessoas afirmam ter mais disponibilidade para a cultura. Destaque para o resultado impressionante no Grande Porto: 1/4 da população diz que a cultura é essencial para a suas vidas.

Na sequência do facto dos jovens serem a faixa etária que afirma ter menos disponibilidade para a cultura, é interessante verificarmos que são também quem sente cada vez mais que esta não é pensada para eles.

A Taxa de representação geracional permite-nos obter um dado de extrema relevância para o trabalho de artistas, agentes e decisores culturais: perceber quem está mais contente ou dececionado com a cultura para o seu segmento etário. Comparativamente ao ano passado, há mais 21 p.p. de jovens a afirmar que a cultura está pensada para as gerações mais velhas, na faixa etária que já havia demonstrado o maior descontentamento com a oferta cultural. Também o segmento dos 20-24 anos, que anteriormente se sentia mais bem representado, sofreu uma evolução negativa.

O Barómetro Gerador Qmetrics é um estudo anual que analisa a opinião dos portugueses sobre a cultura. Realizado pela primeira vez em 2019, o âmbito do questionário deste ano incidiu, principalmente, nas consequências da pandemia na sociedade e na cultura. Sabe mais sobre o relatório de 2021 aqui e pede o teu relatório completo aqui.

Síntese Ficha Técnica

O universo do estudo é constituído por indivíduos com idade igual ou superior a 15 anos, residentes em Portugal Continental e Ilhas. A Amostra, com 1.200 entrevistas validadas, foi estratificada por região, sexo e escalão etário, em Portugal Continental, e por Ilhas, e distribuída em cada estrato de acordo com a repartição da população alvo em cada estrato. As entrevistas foram realizadas de 22 de março a 27 de abril de 2021, através de um questionário aplicado online utilizando o método CAWI (Computer Assisted Web Interview). Os resultados são apresentados com um nível de confiança de 95%. A margem de erro para a média na escala 1 a 10 é de 0,13 pontos e a margem de erro para a proporção é de 2,12 pontos percentuais.