Ver um filme é fazê-lo existir», tal como aparece escrito no início da publicação Panorama – 6.ª Mostra de Documentário Português da Apordoc. Hoje temos disponíveis inúmeras possibilidades de fruir da sétima arte, seja em salas de cinema, festivais, cineclubes, arquivo ou no conforto do nosso lar através de plataformas de streaming como a Filmin, HBO ou Netflix. Mas será que vivemos um tempo privilegiado em relação às possibilidades de ver e de dar a ver?

Partindo desta premissa, esta quarta-feira, dia 20 de fevereiro, pelas 19h30, na Central Gerador falamos acerca das plataformas de streaming e a sua relação com o cinema, com Bruno Castro, gestor de projetos e programador na área da imagem e Nuno Gervásio, apresentador e programador do Shortcutz Lisboa.

Bruno Castro é gestor de projetos e programador na área da imagem e formas culturais desde 2010. Coordena o Alvalade Cineclube, fez formação em cinema documental no KINODOC, e é gestor de conteúdos digitais da Culturgest. Fotógrafo e cineasta amador, terminou a curta-metragem “Albumina” (2019) e está a preparar um documentário em longa-metragem.

Nuno Gervásio é criativo e argumentista freelancer, consultor digital e realizador de conteúdos mobile. É também apresentador e programador do Shortcutz Lisboa, movimento internacional de curtas-metragens. Colabora com o MOTELX, Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa e com a MONSTRA, Festival Internacional de Cinema de Animação de Lisboa.

A Central Gerador está aberta de quarta a sábado, entre as 18h e as 23h, e domingo das 15h às 20h. Fica atento ao Facebook e Instagram oficiais da Central Gerador para estares a par de todas as novidades :)

Onde fica a Central Gerador?

A entrada faz-se pela Rua Luis Pastor de Macedo, nas traseiras do edifício da Junta de Freguesia do Lumiar, pelo portão verde que estará aberto. A Central Gerador fica no Largo das Conchas, Casa da Cidadania, nº 5, Lumiar (Lisboa).