fbpx
Menu Grande Pesquisa
Carrinho0

janeiro, 2020

jan"Mário" - um Bailarino no Estado NovoUm monólogo de Fernando Heitor sobre a vida de Valentim de Barros

Quando

Evento mensal (janeiro)

Onde

Cinema São Jorge

Av. da Liberdade 175, 1250-144 Lisboa

Detalhe do evento

Mário é um monólogo musical onde Flávio Gil conta, canta e dança a história dum rapaz da Cruz de Pau que, nos anos 20 do século passado, sonhou ser bailarino. Apesar de muito sofrimento, concretiza-o. Dançou para lá das fronteiras, em Barcelona, Berlim e na ópera de Estugarda, na década de 1930, e viveu a ascensão nazi na Alemanha, de onde foi expulso pouco antes da eclosão da II Guerra Mundial. Contudo, o contexto sufocou-o. No regresso a Portugal, por atentado à moral pública e aos bons costumes, foi preso pela polícia política da ditadura,  sujeito a uma lobotomia, a eletrochoques e internado no Hospital Miguel Bombarda. Diagnosticado com "psicopatia homossexual e pederastia passiva", permaneceu nesta instituição mais de quarenta anos, acabando por aí falecer.

A história foi ficcionada por Fernando Heitor, a partir duma notícia do jornal Público, “O Estado Novo dizia que não havia homossexuais, mas perseguia-os”, publicada a 17 de Julho de 2007 e assinada por São José Almeida, bem como da investigação à época e dos testemunhos sobre Valentim de Barros.

 

Este artigo encontra-se ao abrigo do Acordo Ortográfico de 1945

Fotografia de Manos Gkikas. via Unsplash

 

Mais

Preço

10€ (Descontos: maiores de 65 e menores de 25 - 7,5€)

Shopping cart
There are no products in the cart!
Continue shopping
0
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}
X
X
Copy link
Powered by Social Snap