Até dia 26 de junho é possível visitar a exposição “Imperfeita”, do Coletivo 284, na Rua das Amoreiras, em Lisboa. A mostra une uma coleção de obras de 17 artistas plásticos, em homenagem à mulher e artista, Frida Kahlo, que serve de inspiração ao mote do mês da Mulher.

 “Nunca pintei sonhos. Eu pinto minha própria realidade.” é uma das frases icónicas de Frida Kahlo, ditada pelo Coletivo 284. São vários artistas selecionados para a exposição, que retratam com diversas técnicas, as suas visões e leituras da história de Frida. A exposição “Imperfeita” oferece uma experiência de realidade aumentada, permitindo aos visitantes uma viagem imersiva nas obras.

obra de Marinele Zancchetti, exposição "Imperfeita"

Com curadoria da professora Clara Afonso, os 17 artistas apresentam a sua interpretação do legado desta artista, com destaque para as obras de Adriana Scartaris, co-fundadora e directora criativa do Coletivo 284, de Angela Canabrava B., Cristina Ravagnani ou Gonçalo Mar.

Local: Coletivo 284 Rua das Amoreiras 72, em Campolide

Horário: até 26 de junho, de segunda a sábado, das 15h às 19h

Preço: Entrada Gratuita

Fotografia disponível na página de facebook Coletivo 284