Com um open call que se prolonga até ao início do ano de 2022, a associação Cultural JÁ (Jovens Artistas) pretende promover a arte, participar na cultura de forma ativa e ter um maior impacto na sociedade portuguesa a partir das novas gerações. As inscrições serão até 7 de Janeiro de 2022 e dedicam-se a artistas de todo o país.

A associação cultural sem fins lucrativos para jovens (re)desenha-se para receber jovens de todas as artes visuais, desenho, pintura, escultura, fotografia, ilustração, design, entre outras tantas áreas plásticas.

Com o objetivo de promover a arte, participar na cultura de forma ativa e ter um maior impacto na sociedade portuguesa através da dinamização de uma geração que consideram ser o futuro, a JÁ oferece a possibilidade de participação em exposições de arte, num podcast, venda das obras online, através do site oficial, divulgação nas redes sociais, experiências com a comunidade artística, entre outras.

cartaz presente nas redes sociais do movimento

Francisco Belo, um dos fundadores do projeto, afirmou anteriormente em entrevista ao Gerador que dão diversas as questões que este movimento e coletivo pretende levantar. Desde a Educação à centralização das Artes e do conhecimento, os jovens que preenchem a associação desmistificam argumentos que preocupam o movimento artístico nos dias de hoje: perceber o que falta para que o “interesse” seja recuperado pela arte e pela sua essência é a principal máxima. “É urgente pensar a Arte”, disse o jovem.

O desenvolvimento digital em simultâneo com a Arte, tendo em conta atual realidade tem vindo a ser essencial para os jovens. Chegaram “mais propostas”, “mais procura” e “mais ideias”. É desta forma que o open call também se dissemina nas redes sociais.

A associação acredita que pode fazer a diferença, "deixando uma marca na cultura e na arte em Portugal nos próximos anos", afirmam em comunicado. Criar uma comunidade com oportunidades para todos é um dos alicerces do movimento JÁ e a atenção e o olhar artístico são características que se fazem ouvir no projeto. 

Texto de Patrícia Silva
Fotografia da cortesia do coletivo JÁ
Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.