João Campos é licenciado em Design, pela Universidade de Aveiro, e pós-graduado em Marketing e Gestão de Marcas, pelo ISCTE / Business School. Enquanto designer independente, colaborou com a Companhia Nacional de Bailado, desenhou embalagens para as farinhas Branca de Neve e desenvolveu a identidade visual de Guimarães 2012 — Capital Europeia da Cultura.

Em 2012 criou o Estúdio João Campos, onde assume uma abordagem integrada entre Marketing e Design, Criatividade e Estratégia. Nele, passou a colaborar também com marcas como os vinagres Cristal, o Teatro Nacional de São Carlos, a Imprensa Nacional-Casa da Moeda, os temperos Espiga, a Deloitte e o Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas.

É também autor do livro Marca Positiva (Influência, 2019) e dá aulas de branding no ISCSP-ULisboa e no IADE. Acredita que a Cultura, pelo seu potencial humano e social, é um dos melhores companheiros de viagem para as marcas de hoje e, sobretudo, para as marcas do futuro.

Se quiseres saber um pouco mais sobre a opinião do João relativamente à relação entre Marcas e Cultura aproveita para ler a crónica “A dois tempos” que publicamos quinzenalmente aqui no site do Gerador.

O João Campos é o Prof. do curso Marcas Culturais: da identidade à estratégia. Ao longo destas aulas vais ter oportunidade de perceber os princípios contemporâneos da gestão de marca, aplicados à realidade particular das instituições culturais.

Espreita aqui para veres todos os cursos de 25h da Academia Gerador.

Joao_Campos_Curso_Marcas_Culturais_identidade_estratégia_Academia_Gerador