Acesso à cultura: no (sub)mundo onde as cores têm texturas e os detalhes escapam por entre as mãos

“Nos primeiros dias as minhas únicas distrações estavam a ser a rádio, e mesmo assim não tanto quanto é costume porque até a rádio só passava informações sobre a covid-19, então estava a tornar-se saturante ouvir qualquer meio de comunicação social. Como é que eu me tentava ocupar? Fazendo jogos de perguntas com os meus … Continue a ler Acesso à cultura: no (sub)mundo onde as cores têm texturas e os detalhes escapam por entre as mãos