Até 28 de novembro, é possível conhecer esta exposição, que reúne trabalhos recentes do pintor e ilustrador português, e que conta com a curadoria de João Maria Gusmão e Natxo Checa.

Esta exposição insere-se “naquilo que tem vindo a ser trabalhado como uma reflexão sobre a produção geral da pintura como sistema de significação ou “linguagem” na sua relação com outros sistemas. Estes são os da própria historicização do poético, o de uma economia presente do imaginário, o sistema das artes visuais no seu todo e, por fim, daquilo a que poderíamos chamar de investigação (a querer ser combate) sobre a gramática da produção geral de imagens-conceito, a fábrica dos sistemas sociais que se autoproduzem apesar de e em permanente tensão com a ficção política”, pode ler-se no site da galeria.

Local: Galeria Zé dos Bois, Lisboa
Horário: segunda a sábado, das 18h às 22h
Preço: 3 euros
Fotografia disponível via site ZDB
Metafísica de Gonçalo Pena na Galeria Zé dos Bois