Na extinta Companhia União Fabril, no Barreiro, nasce um o novo edifício Á-Quatro, que apresenta nos dias 26 e 27 de setembro o evento A4.

Organizado e produzido pela Estação Sul e Sueste e o coletivo Tarimba em parceria com a Baía do Tejo e a Câmara Municipal do Barreiro, este evento tem como objeto de reflexão o formato A4 e o processo criativo artístico. A organização convida assim a visitar mais de 100 formas de pensar uma folha A4. A maioria destas peças estará disponível para venda por um valor fixo comum de 20€.

“Á-Quatro é um edifício, é simultaneamente a sala de projetos da extinta Companhia União Fabril. Á-Quatro é um atelier; é um gabinete de engenharia, é uma folha de papel. A4 é um formato normalizado. É um sistema internacional. Tem 29,7 x 21 cm. É uma folha em branco. Pode ser vertical. Pode ser lido ao baixo. Pode ser horizontal. Pode ser lido ao alto. Um A4 são dois A5 ou quatro A6. É metade de um A3. O A4 é uma folha em branco. É um bloqueio artístico. O A4 é um horizonte de possibilidades. Cabe uma ideia no Á-Quatro. Cabem muitas ideias no Á-Quatro. A4 são uma resma de folhas. São objectos tridimensionais. O Á-Quatro é uma projecção. São quatro intervenções no edifício A4”. São assim apresentados o espaço e o evento em comunicado.

Local: Edifício Á-Quatro, no Barreiro
Horário: 15h à 20h;
Preço: Gratuito.
Fotografia do edifício Àquatro, cedida pela Estação Sul e Sueste