Vira o disco e toca o mesmo: há tendências que não morrem

Parece uma tendência crescente dos últimos anos, mas não é totalmente consensual. A febre do vinil é, para alguns, sinónimo de um movimento mais amplo de nostalgia presente na sociedade contemporânea, sendo que, para outros, faz apenas parte da vida incomensurável que está por trás deste formato, desenvolvido nos finais dos anos 40. Há certamente … Continue a ler Vira o disco e toca o mesmo: há tendências que não morrem