manuel luar

Gargantas soltas 25.Jun.2020

Comer em Casa: Crochet e outras prendas

Admito que a forçada imobilização tenha resultado em maior procura das chamadas “artes do lar”, profusamente veiculadas pelas revistas de referência do início do século XX, como a “Modas e…

Gargantas soltas 11.Jun.2020

Comer Em Casa: Rosbife em pantufas

Mais um dia de pantufas. Já nos começamos a fartar desta “sina” que se abateu sobre a comunidade e nos vai tornando a pouco e pouco cada vez mais parecidos…

Gargantas soltas 28.Mai.2020

Comer em Casa: Palavras feias

Conta a pequena história que na cidade de Ischia, perto de Nápoles, um grupo de foliões que vinham bem “avançados” de uma aventura alcoólica passada num bar da moda, se…

Gargantas soltas 14.Mai.2020

Comer em Casa: Variações sobre receitas

Para que serve uma Receita? De culinária entenda-se... Não estou aqui a falar da "receita" do míldio que o gerente da Cooperativa Agrícola de Seia "aviava" lá para a quinta,…

Gargantas soltas 30.Abr.2020

Comer em casa: O Arroz de Carnes da Beira

Esta reclusão obrigatória a que nos submetemos pode levantar problemas de convivência com a passagem dos dias. A falta de assunto de conversa começa a notar-se, mesmo entre amigos mais…

Gargantas soltas 16.Abr.2020

Comer em Casa: Um dia feliz

Procura-se afanosamente um dia que nos encha as medidas, que nos tire a cabeça de outras coisas, que nos faça agradecer aos deuses o termos nascido e estarmos ainda vivos…

Gargantas soltas 2.Abr.2020

Comer em Casa: A saga do cozido à portuguesa do fim de semana

Tenho na memória um texto magnífico, que penso ser  do  saudoso Dr Dário Castro Alves, embaixador do Brasil em Lisboa, sobre a tradição do cozido à portuguesa (que na opinião de…

Bem Comer 27.Mar.2020

Bem Comer: A carne é fraca. Número 9

Todos temos inclinações que modelam as nossas ações. Alguns preferem o cinema, outros o teatro. Existem os que adoram cães e os que não podem viver sem gatos. Há gente…

Bem Comer 13.Mar.2020

Bem Comer: A carne é fraca. Número 7

No Algarve come-se maravilhosamente. Esta frase, dita assim sem mais explicações, pode parecer estranha aos “agostinhos” que demandam o sul por causa da água quente das praias e que se…

{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}
X
X