fbpx
Menu Grande Pesquisa
Carrinho0

 

Depois de dois anos no Gerador dedicados à investigação, à consulta dos representantes do interior, ao debate com especialistas, à organização de estudos e sondagens e de um festival itinerante pelo interior de Portugal, estamos prontos para dar mais um passo essencial.

A Agenda Descobre o teu Interior inclui um conjunto de iniciativas, que decorrerão ao longo de todo o ano, e que pretendem ser verdadeiramente consequentes para o futuro do interior.

Vamos centrar-nos, essencialmente, em quatro grandes áreas: reflexão, cultura, jornalismo e educação. Descobre tudo em baixo.

 

Reflexão

 

Conselho para a Reflexão e Ação sobre o Interior

Conjunto de personalidades, representativas de várias regiões do interior, de diferentes segmentos etários e interesses, que reúne semestralmente para pensar e agir sobre o interior.

Aida Maria Oliveira Carvalho – Agenda Interior

Aida Maria Oliveira Carvalho

Doutorada em Ciência da Cultura, mestre em História das Populações, pós-graduada em Turismo e Património Religioso, Pós-graduação em Gestão Cultural. Licenciada em Estudos Europeus.
É Presidente do Conselho Diretivo da Fundação Côa Parque e docente no Instituto Politécnico de Bragança, desde setembro de 2001, na Escola Superior de Comunicação, Administração e Turismo, no mestrado de Marketing Turístico e na licenciatura de Turismo.
É, ainda, investigadora no Centro de Investigação, Desenvolvimento e Inovação em Turismo (CITUR). É membro do Conselho Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (CNCTI).
Foi Guia Intérprete do Vale do Côa, entre 1996 e 2001. Publicou vários artigos em revistas científicas especializadas na área da valorização do património e do turismo cultural.

Vila Nova de Foz Côa
Aida Maria Oliveira Carvalho
Presidente Conselho Diretivo Fundação Côa Parque
Alexandra Monteiro – Agenda Interior

Alexandra Monteiro

Tem 22 anos e é natural da Guarda. Devido às suas ambições académicas e profissionais, aos 17 anos saiu da sua cidade natal, e mudou-se para Vila Real, local onde viveu 4 anos, e que a fazia lembrar “casa” por considerar ser um sítio acolhedor. Nesta cidade, formou-se em Genética e Biotecnologia e, de momento, frequenta o último ano de mestrado em Biologia Clínica Laboratorial.

As necessidades profissionais obrigaram-na a mudar novamente de cidade, desta vez para um dos grandes centros, o Porto. Durante o seu percurso académico teve a oportunidade de conhecer o mundo do associativismo, através de participação em núcleos de estudantes, como o Núcleo de Estudantes de Genética e Biotecnologia (ADNGB) e o Núcleo de Estudo e Proteção do Ambiente (NEPA), que, juntamente com algumas projetos de Erasmus+ em que teve a oportunidade de participar, a inspiraram a ser mais participativa e a acreditar que uma iniciativa poderia fazer toda a diferença.

Desta forma, com a fundação de Guarda a Terra – Associação Juvenil, com outros jovens, acredita que a sua cidade natal e que o interior, poderão vir a ser locais de interesse para os jovens e para as famílias.

Guarda
Alexandra Monteiro
Presidente Guarda a Terra – Associação Juvenil
André Tecedeiro – Agenda Interior

André Tecedeiro

Escritor português nascido em 1979. Tem licenciatura e mestrado tanto em arte como em psicologia. Publicou sete livros de poesia, sendo o mais conhecido “A Axila de Egon Schiele” (Porto Editora, 2020).

Portalegre
André Tecedeiro
Escritor
Catarina Sales Oliveira – Agenda Interior

Catarina Sales Oliveira

Professora auxiliar do Departamento de Sociologia da Universidade da Beira Interior (UBI) e investigadora do CIES-IUL (Centro de Pesquisa e Estudos em Sociologia). Os seus interesses de pesquisa são estudos de mobilidades; transportes e desigualdades; género, cidadania e arte; trabalho e organizações. O seu doutoramento analisou as áreas metropolitanas portuguesas utilizando o paradigma das mobilidades.

Atualmente, está particularmente interessada na relação entre mobilidades rurais e transfronteiriças e o desenvolvimento local e nas interações entre arte, movimento e mobilidades, com um foco interseccional.

Fundão
Catarina Sales Oliveira
Investigadora
Diogo Martins Martins – Agenda Interior

Diogo Martins Martins

Nasceu a 25 de Dezembro de 1991 em Chaves e o interesse pela cultura e artes apareceu bastante cedo.

Licenciado em Design de Jogos Digitais, foi um dos criadores do Projeto Egas, sob a orientação de Daniel Ribas, um videojogo que contou com a participação de escritores e poetas portugueses como Afonso Cruz, Carlos Vaz, Nuno Camarneiro, Nuno Guimarães, Paulo Kellerman, Pedro Guilherme-Moreira e Raquel Ochoa. Durante dois anos escreveu para a revista PUSHSTART como crítico de videojogos. Frequentou o Mestrado em Multimédia com a especialização em Cultura e Artes da Universidade do Porto.

Pertenceu ao colectivo portuense de arte multimédia "Cubic Resonance", orientado por Rui Penha e com participações em festivais como o Semibreve e o Future Places. Em 2014 recebeu pela Academia de Artes de Chaves um prémio de reconhecimento público de mérito, por “Versatilidade e Dedicação Artística” à instituição. Foi Diretor Criativo do "Festival Identidades" de 2013 a 2016.

É, desde 2014, presidente e cofundador da produtora cultural independente INDIEROR, com produções nas áreas da música, teatro, exposições, cinema e arte multimédia em todo o país e maior foco na região Transmontana.

Com a INDIEROR produziu ainda eventos como "Festival N2" ou certame "Sabores de Chaves", bem como programação regular no Auditório do Centro Cultural de Chaves que levou artistas internacionais de renome até à cidade flaviense. Em 2018 o trabalho com a associação é distinguido como uma das "Razões Para Estar Feliz" com o mundo pelo músico David Byrne no seu projecto "Reasons To Be Cheeful". Em 2022 a INDIEROR torna-se também programadora da Sala Amarela, juntando a pequena sala aos locais de programação na cidade flaviense, com o Auditório do Centro Cultura de Chaves e o Festival N2.

Enquanto produtor apresentou já centenas de espetáculos e conseguiu várias distinções como nomeações aos prémios EFFE Festival Label, Portugal Festival Awards, Iberian Festival Awards, Reconhecimento Público de Mérito pela AAC e a distinção no projecto "Reasons to be Cheerful" de David Byrne.

Chaves
Diogo Martins Martins
Presidente INDIEROR
Dulcineia Catarina Moura – Agenda Interior

Dulcineia Catarina Moura

Doutora em Economia pela Universidade da Beira Interior, pós-graduada em Marketing Territorial e investigadora como membro integrado do NECE – Research Center in Business Sciences (UBI). É coordenadora executiva de uma associação de desenvolvimento regional, que promove turisticamente a região de influência (Territórios do Côa, ADR).

Do seu percurso profissional destaca-se a experiência técnica na participação e coordenação de projectos de desenvolvimento regional, promoção turística e de cooperação transfronteiriça. É docente do ensino superior, formadora, consultora de empresas, e oradora convidada em iniciativas de promoção regional e turística, de inovação e de fomento do espírito criativo e empreendedor.

Autora do Livro ‘Pensar o Interior’, editado pela Caminho das Palavras, colabora regularmente com artigos de opinião em jornais locais e regionais. É ainda autora e coautora de artigos científicos publicados em jornais, revistas e livros de Economia e Gestão. É, também, coautora do livro Caderno de Emoções e coordenadora editorial de diversos livros e brochuras de comunicação e promoção turística do território de influência da associação que dirige.

Guarda
Dulcineia Catarina Moura
Coordenadora Executiva Territórios do Côa
João Almeida – Agenda Interior

João Almeida

27 anos, natural de Viseu. Licenciado em Línguas e Relações Empresariais e Mestre em Gestão (Univ. Aveiro). Atualmente, é doutorando em Ciências Económicas e Empresariais e Bolseiro de Doutoramento da Unidade da Investigação em Governança, Competitividade e Políticas Públicas (GOVCOPP) onde faz investigação sobre empreendedorismo e inovação em territórios rurais e de baixa densidade.

É, ainda, co-fundador e coordenador da Rural Move - Associação para a Promoção do Investimento em Territórios de Baixa Densidade. Tem, nos últimos anos, participado ativamente na discussão e promoção de atividades de desenvolvimento do Interior, através da publicação de estudos científicos, artigos de opinião, e organização e participação de debates e eventos de carácter nacional e internacional.

Viseu
João Almeida
Co-fundador Rural Move
João Pedro Cascalheira – Agenda Interior

João Pedro Cascalheira

Nasceu em Baleizão e dedica a sua vida à sua terra e Região.

Licenciado em História, continuou a sua formação académica com dois mestrados: um em Pedagogia, e outro em História Contemporânea, com um percurso exemplar.

Atualmente, é Administrador Geral e Dirigente Associativo e voluntaria-se sempre no que pode causar impacto positivo nas pessoas. Em 2003, tornou-se Presidente da Casa do Povo de Baleizão, onde continua com o cargo. É também, desde 2013, Presidente do Centro Social Nossa Senhora da Graça de Baleizão.

No ano de 2018, com a dedicação que ele e a sua equipa demonstram pelo setor social, é fundada a IISBA - Incubadora de Inovação Social do Baixo Alentejo, do qual é o coordenador e onde foram gerados pela entidade projetos de destaque ao nível nacional.

Baleizão, Beja
João Pedro Cascalheira
Presidente da Casa do Povo de Baleizão
Leonel Alegre – Agenda Interior

Leonel Alegre

Licenciado em Ensino de Física e Química pela Universidade de Évora e doutorado em Química Organometálica pelo Instituto Superior Técnico de Lisboa. Após um curto período como investigador na área da química aplicada à conservação e restauro, dedicou-se profissionalmente à comunicação e educação de ciência em ambientes não formais, tendo sido apresentador de programas de divulgação científica na televisão e diretor da Unidade de Educação, Ciência e Cultura do Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva.

Foi curador de diversas exposições científicas e consultor em projetos museográficos em Portugal e no estrangeiro. Colaborou com a Toyno - Experience Design Studio, como gestor de projetos e conteúdos, tendo participado na conceção de diversas exposições de temática científica.

Atualmente é investigador auxiliar na Universidade de Évora, onde coordena o _ARTERIA_LAB - Arts, Entrepreneurship, Research, Innovation and Application Lab e outros projetos de empreendedorismo cultural e criativo

Évora
Leonel Alegre
Coordenador _ARTERIA_LAB
Luisa Pinto – Agenda Interior

Luisa Pinto

Licenciada em Comunicação Social pela Universidade do Minho. Terminou o curso em 1998, ano em que começou a estagiar na redação do Porto do jornal PÚBLICO. Foi, durante muitos anos, jornalista da secção Local, onde escrevia sobretudo sobre planeamento e urbanismo. Passou para a secção de Economia, onde acumulou experiência em temáticas como investimento público, planeamento, habitação e coesão territorial.

Saiu do jornal em 2011, para concretizar um projeto pessoal de fazer uma viagem pelo mundo em família – relatada semanalmente nas páginas da revista Fugas -, regressando à redação do PÚBLICO, a tempo inteiro, em 2015, altura em que intensificou o seu interesse nas áreas da coesão territorial e da valorização do território.

Criou o projeto Hotelandia, onde se divulgam bons exemplos da hotelaria portuguesa, e desde finais dos anos 2000 que se dedica, de corpo e alma, ao projeto Rostos da Aldeia, uma plataforma documental onde se publicam histórias inspiradoras de quem habita as aldeias de Portugal.

Mesão Frio
Luísa Pinto
Jornalista Rostos da Aldeia
Marco Domingues – Agenda Interior

Marco Domingues

Pai da Maria Eduarda e do Afonso, assistente social e ativista pelo desenvolvimento local e regeneração da casa comum. Doutorado em sociologia pela UBI, mestre em economia social e solidária, pós graduado em gestão de projetos em parceria e licenciado em serviço social.

Presidente da Associação Animar - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local, Vice-Presidente da Confederação Portuguesa da Economia Social, e membro dos órgãos sociais da CASES – Cooperativa António Sérgio para a Economia Social e da CEIS- Centro para a Economia e Inovação Social. É, ainda, Membro dos Conselho Nacional para a Economia Social, do Fórum consultivo para a Estratégia Nacional de Combate à Pobreza 2021-2030.

Professor Adjunto na Escola Superior de Educação de Castelo Branco/IPCB e Investigador Integrado na Unidade de Investigação Interdisciplinar - Comunidades Envelhecidas Funcionais – AGE.COM. Desde 1998 que assume diferentes funções em projetos comunitários, de luta contra a pobreza, de educação para a cidadania e de promoção da sustentabilidade.
Nasceu em Lisboa (1977), e viveu a infância e juventude no Bairro Alto, em Lisboa. Atualmente, vive com a família numa quinta em Castelo Branco.

Castelo Branco
Marco Domingues
Presidente da Associação Animar
Marta Cortegano – Agenda Interior

Marta Cortegano

Engenheira Florestal, Mestre em Gestão e Conservação de Recursos Naturais e tem o curso doutoral de Ciências da Sustentabilidade. Em 2004, migrou da zona urbana litoral (Sintra) para o interior rural (Mértola), onde tem dedicado a sua energia a juntar pessoas, ideias e entidades para o desenvolvimento de estratégias coletivas e participadas para a valorização e regeneração do território, que procuram encontrar a abundância escondida em ambientes aparentemente escassos de recursos.

Impulsionou e coordenou durante 6 anos o PROVERE Valorização dos Recursos Silvestres do Mediterrâneo. Atualmente colabora com a ESDIME, coordenando os projetos Pastagens Regenerativas, que envolve uma Comunidade de Prática de agricultores em torno das soluções de adaptação ao clima através da agricultura regenerativa, bem como o projeto TerrAlimenta, que pretende desenhar um Sistema Alimentar Territorizalizado, à escala do Baixo Alentejo.

Em 2016 co-fundou a Associação de Empresários do Vale do Guadiana (a qual preside) e, em 2019, co-fundou a Terra Sintrópica, com o objetivo de impulsionar a transição agroecológica e a regeneração pelo uso, numa visão do local para o global.

Mértola
Marta Cortegano
Co-fundadora Terra Sintrópica
Miguel Atalaia – Agenda Interior

Miguel Atalaia

Natural de Cem Soldos, Tomar, tem 34 anos, é designer gráfico, designer editorial e diretor artístico do BONS SONS. Mantém uma forte ligação ao associativismo, integrando, desde 2014, a direção do Sport Club Operário de Cem Soldos, do qual foi presidente no biénio 2020-2021. Destaca-se especialmente pelo trabalho associativo nas áreas da comunicação, educação, cultura e envolvimento da comunidade de Cem Soldos.

É ativista pelos direitos das pessoas com deficiência e pertence ao Centro de Vida Independente, enquanto membro da Delegação de Leiria, sendo beneficiário do projeto piloto com o mesmo nome - Vida Independente -, em implementação em Portugal desde 2019.

Cem Soldos, Tomar
Miguel Atalaia
Diretor Artístico BONS SONS
Mila Simões de Abreu – Agenda Interior

Mila Simões de Abreu

Coordena na UTAD a Unidade de Arqueologia, do Departamento de Geologia, desde 1996. É especialista em arte rupestre e tem um doutoramento em “Quaternário, Materiais e Culturas”. Em mais de 35 anos de carreira de investigação trabalhou nos 5 continentes, incluindo em diversos sítios património mundial da UNESCO. É autora e co-autora de dezenas de artigos, capítulos e livros. Organizou e coordenou dezenas de reuniões e congressos científicos nacionais e internacionais.

É membro fundador da “Alter Ibi – Associação Transfronteiriça para o desenvolvimento” e membro de mais de uma dezenas de outras associações ligadas ao património em Portugal e no estrangeiro.
Foi coordenadora do "Movimento para a salvaguarda da arte rupestre do Vale do Côa", que levou à suspensão da barragem e, por esse facto, foi galardoada com o "Prémio de conservação” da ARARA, nos EUA.

Atualmente considera-se fundamentalmente uma ativista na defesa do património, natural, material e imaterial e está presentemente empenhada na campanha pela suspensão do Parque eólico da Serra de Passos (Mirandela) e na reativação da linha do Corgo.

Vive numa pequena aldeia no vale do Tanha, no Douro.

Vale do Tanha, Douro
Mila Simões de Abreu
Investigadora e ativista
Pedro Horta – Agenda Interior

Pedro Horta

Chefe da cadeira de Energias Renováveis da Universidade de Évora e Coordenador do INIESC - Infraestrutura Nacional de Investigação em Concentração Solar de Energia, tem uma carreira de mais de 20 anos em pesquisa em tecnologias e aplicações de energia solar, com foco especial em concentradores solares e as suas aplicações em temperaturas médias e altas.

As suas atividades anteriores nesses campos, desenvolvidas em colaboração com o LNEG - Laboratório Nacional de Energia e Geologia (2002 - 2011) e a Universidade de Évora (2011 - 2015), incluíram o desenvolvimento de atividades de R&D, formação, engenharia, consultoria ou desenvolvimento de produtos.

Durante uma colaboração de 4 anos como Chefe do Grupo de Aquecimento Solar de Processos e Sistemas Industriais (Departamento de Processos Solares de Alta Temperatura e Industriais) no Fraunhofer-Institut für Solare Energiesysteme ISE (2015 a 2019), esteve profundamente envolvido em questões de pesquisa, técnicas e financeiras relacionadas ao aquecimento de processos industriais (SHIP).

Na Universidade de Évora lidera um grupo de mais de 25 investigadores, técnicos e estudantes de pós-graduação no desenvolvimento de pesquisa aplicada sobre o uso de tecnologias solares na descarbonização de diferentes setores económicos.

É coordenador de dois projetos de geminação do Horizon Europe, garantindo uma cooperação de alto nível com DLR (Alemanha) e ENEA (Itália) no campo de aplicações solares com sais fundidos (SALTOpower) e com CIEMAT (Espanha), ITCanarias (Espanha) e UNIPAlermo (Itália) no campo de dessalinização solar e tratamento de água (Sol2H2O).

Arraiolos
Pedro Horta
Investigador
Rui Manuel Vítor Cortes – Agenda Interior

Rui Manuel Vítor Cortes

Investigador integrado do Centro de Investigação em Tecnologias Agroambientais e Biológicas (CITAB) e Professor Catedrático da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), aposentado em fevereiro de 2022, onde desempenhou numerosos cargos (Presidente do Conselho Científico da ECAV, membro do Conselho Geral, etc.)
É Licenciado em Engenharia Florestal (Silvicultura) pelo Instituto Superior de Agronomia, com Doutoramento e Agregação em Engenharia Florestal pela UTAD.

É membro atual do Conselho Nacional da Água, do Conselho da Região Hidrográfica do Norte, do Observatório Técnico Independente dos Fogos Rurais no âmbito da Assembleia da República (2018-2022) e Diretor da Revista Ecossocialismo.

Lecciona desde 1979, tendo participado nos Cursos de Licenciatura em Engenharia Florestal, Ecologia Aplicada, Engenharia Ambiental e dos Recursos Naturais, Ciências de Ambiente e nos Mestrados de Engenharia Florestal, Arquitetura Paisagística, Engenharia de Ambiente, entre outros. Tem participado em numerosos cursos de pós-graduação na UTAD, Universidade Técnica de Lisboa, Universidade do Minho, Universidade de Coimbra, Universidade de Évora e Universidade do Algarve.

Tem investigação e trabalhos técnicos realizados nas seguintes áreas: Ecologia de ecossistemas aquáticos, monitorização ecológica da qualidade da água, perturbação em ecossistemas florestais, ordenamento de Bacias Hidrográficas, requalificação de cursos de água (com especial incidência na recuperação de habitats) e Estudo e Avaliação de Impacte Ambiental. Coordenou vários projectos de investigação financiados pela FCT. Realizou trabalhos de investigação na Universidade de Wageningen (Países Baixos) e na Oregon State University (EUA).

É autor e coautor de 228 artigos, livros e capítulos de livros, tem várias publicações pedagógicas e é autor de 7 livros ou capítulos de livros.

Criou e dirigiu durante 20 anos o Laboratório de Ecologia Fluvial da UTAD, participou em cerca de cinco dezenas de projectos com entidades públicas e privadas, especialmente no domínio da monitorização dos recursos hídricos e requalificação fluvial, designadamente na implementação da Diretiva-Quadro da Água, no ordenamento de bacias hidrográficas e estabelecimento dos Planos de Bacia e do Plano Nacional da Água, requalificação ambiental de cursos de água e estudos de impacto ambiental.

Vila Real
Rui Manuel Vítor Cortes
Investigador

Livro Aberto sobre o Interior

Publicação anual que integra as reflexões recolhidas no festival Descobre o Teu Interior e noutras iniciativas da Agenda e que convida os principais protagonistas políticos, económicos e sociais a debruçarem-se sobre o interior de Portugal. A edição de 2023 apresenta, ainda, um ângulo original sobre os desafios relacionados com as populações que vivem no interior do país, centrando-se numa nova forma de olhar para a problemática do interior, relacionada com uma perspetiva de identidade.

Summit Representatividade

O interior sofre de problemas de representatividade em várias dimensões da organização estatal e privada, resultantes da diminuição da população ao longo dos anos. Durante um dia, vamos convocar personalidades para debater como poderemos encontrar soluções para este problema. A data desta iniciativa será revelada em breve.

 

Cultura

 

Festival Descobre o teu Interior

 

O primeiro festival itinerante pelo interior de Portugal, que promove experiências culturais únicas e intimamente ligadas à identidade de cada território. Desde conversas para refletir sobre o interior, concertos em espaços únicos, jantares que celebrem a gastronomia, passeios que revelam espaços vedados e, até, workshops dedicados a ofícios locais. O programa da edição de 2022 pode ser consultado aqui.

 

 

Jornalismo

 

Interior à Descoberta

Em cada edição da Revista Gerador, que lançamos quadrimestralmente, reservámos um espaço relevante para falarmos sobre um território, personalidades ou organizações do interior do país. São reportagens que destacam a cultura do interior, os seus agentes económicos e que sugerem soluções turísticas, desde alojamento, passando pela restauração, até eventos locais.

Podcast Descobre o Teu Interior

O Podcast é o formato perfeito para poder ser ouvido por todo o país, independentemente da área geográfica. Uma vez por mês vamos entrevistar protagonistas com ideias que devem ser ouvidas para o futuro do interior e das localidades de baixa densidade populacional.

Reportagens Desafios Interiores

Uma vez por trimestre vamos publicar uma grande reportagem dedicada aos desafios principais que assolam o interior, desde a mobilidade, passando pela saúde, até à Internet. Serão reportagens digitais, com uma forte dimensão de design, amplificadas através das nossas redes sociais.

 

Educação

 

Biblioteca Nacional de Recursos sobre o Interior

Ao longo dos anos que o Gerador tem trabalhado sobre o Interior que tem sido difícil encontrar informação e conhecimento estruturado. No segundo semestre de 2023, vamos apresentar no nosso site a reunião de publicações, nacionais e internacionais, que fazem a reflexão sobre estes temas, trazendo, também as universidades e politécnicos para este desígnio.

Programa de Capacitação Agentes Locais

Até ao final de 2023 vamos abordar as autarquias do interior que têm trabalhado connosco para desenhar uma oferta formativa, nas áreas da gestão, comunicação e dinamização pessoal, que sejam interessantes para as suas comunidades. No primeiro trimestre de 2024 vamos dar início a um Programa de Capacitação dedicado, dirigido, em primeiro lugar, aos trabalhadores das autarquias e a agentes locais. Descobre mais sobre a Academia Gerador, aqui.

Curso Academia Gerador

A partir de setembro de 2023, teremos na Academia Gerador o curso Viver, Trabalhar e Investir no Interior, com João Almeida, cofundador e coordenador da Rural Move – Associação para a Promoção do Investimento em Territórios de Baixa Densidade, que surge com o intuito de promover o repovoamento e investimento em territórios do Interior de Portugal, fomentando assim uma maior coesão territorial do nosso país. Descobre mais aqui.

 

Com este projeto ambicionamos contribuir para a reflexão em torno do interior do país e dos territórios de baixa densidade populacional. A informação nesta página estará em constante atualização. Se tiveres ideias ou quiseres contribuir, fala connosco pelo botão em baixo.

A tua lista de compras0
O teu carrinho está vazio.
0