O Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG) organiza a 7.ª edição dos Encontros para Além da História, a 12 e 13 de janeiro, reunindo autores de várias origens artísticas para pensar a partir do mote “É preciso incendiar todos os museus!”, seis meses depois do Museu Nacional do Brasil ter ardido. O Monumento-Documento II Grande Cretto, a obra de landart de Alberto Burri, em Gibellina Vecchia (Sicilia) é o ponto de partida para uma reflexão entre os oradores e o público.

Desde 2017, os Encontros adquiriram um caráter de “curadoria-coreografia”. Na Black Box do CIAJG, no dia 12 de janeiro a partir das 15h00, vai ser feita uma visita imaginária por Libelinha (Sicília), Rio de Janeiro (Brasil), Colónia (Alemanha), a Floresta Amazónia (Brasil), a gruta de Blombos (sul da África do Sul) há 73 000 anos, o nordeste de Angola na década de 60, a Capela Sistina (Vaticano) em 1630. Pensar o Museu como arquivo, espaço de reflexão e repositório de memória futura, com passagem por diferentes pontos do mapa.

A “curadoria-coreografia” reúne Aglaia Konrad (projeção), António Fontinha (performance/narração), Eglantina Monteiro (leitura), Hugo Canoilas (performance), João Nisa (projeção), João Pedro Vaz (voz-off), João Sousa Cardoso (leitura), SKREI (instalação), Tomás Maia e André Maranha (instalação), e a participação especial do Coro Vilancico. Às 22h00, também do dia 12, o Instituto Fonográfico Tropical — com a sua coleção crescente de discos de vinil — anima o Museu com um dj set

O dia 13 de janeiro começa às 11h00 na Black Box do CIAJG com os Miniencontros para Famílias, uma versão dos Encontros Além da História dedicado às famílias que conta com a participação de António Fontinha, Hugo Caçoilas, Skrei e João Pedro Vaz.

As inscrições para os Encontros para Além da História é gratuita, estando apenas restrita ao limite da lotação da sala e maiores de 12 anos. Para os Mini-Encontros devem ser realizadas até 11 de janeiro através do número de telefone 253424700 ou do e-mail mediacaocultural@aoficina.pt. 

Texto de Carolina Franco
Fotografia de CIAJG (Direitos de Autor Reservados)

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.