Os antigos combatentes que serviram ou servem as Forças Armadas Portuguesas vão poder ver as suas memórias, em forma de narrativa, conto, crónica, distinguidas pelo “Prémio Literário Antigos Combatentes-Memórias Militares”. O vencedor receberá o montante de cinco mil euros. 

O prémio foi anunciado pelo Ministério da Defesa Nacional, através de um despacho publicado em Diário da República, e pretende perpetuar as realidades vivenciadas pelos militares, particularmente no período da guerra colonial. 

Assim sendo, o concurso destina-se a antigos combatentes devendo o tema das obras incidir sob as diferentes visões reflexivas ou testemunhais. 

Na 1ª edição, com data a anunciar, o primeiro prémio terá o valor monetário de cinco mil euros, sendo ainda disponibilizada uma outra quantia de mil euros a ser dividida pelas menções honrosas. O prazo de entrega das obras a concurso será até 9 de abril, no dia Nacional do Antigo Combatente. O júri terá até 30 de setembro para deliberar, sendo o vencedor anunciado a 11 de novembro. Posteriormente, as obras literárias serão publicadas. 

Podes conhecer o despacho na íntegra aqui.

A criação deste galardão é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes que pretende divulgar obras literárias que possam ajudar a compreender e a edificar a história coletiva. 

Texto de Isabel Marques
Fotografia disponível via Pexels