A 18.º edição do festival Temps d’Images termina dia 30 de novembro, com a estreia absoluta de Nada pode ficar, um filme de Maria João Guardão em colaboração com António Alvarenga e João Nunes. Para Sócios Gerador estamos a oferecer um convite duplo para esta sessão de cinema que acontece segunda-feira, dia 30 de novembro, no Cinema Ideal ao 12h.

Nada pode ficar é um documentário sobre o Atelier RE.AL, projeto dirigido por João Fiadeiro. O coreógrafo teve de abandonar a casa que ocupou durante 15 anos no coração antigo de Lisboa e decidiu não replicar a estrutura num qualquer outro lugar e, para dar sentido pleno a este fim, desenhou um modo de des|ocupação. O filme instala-se nessa possibilidade de criar futuro a partir da interrupção. E a sua principal matéria prima é esse intenso último tempo no número 55 da Rua Poço dos Negros.

Se és Sócio Gerador e queres garantir o teu lugar nesta sessão, envia-nos um mail para o geral@gerador.eu. Basta indicares o teu nome e número de Cartão Sócio. O convite será atribuído ao Sócio Gerador mais rápido a responder a este passatempo. Se ainda não tens o teu cartão e não queres perder esta oportunidade, clica aqui.

O Gerador é parceiro do Festival Temps D´Images.
O Temps d’Images é uma produção DuplaCena/Horta Seca financiado pela Direção-Geral das Artes e a Câmara Municipal de Lisboa.