fbpx
Menu Grande Pesquisa
Carrinho0

Sophia 2022. Estes são os vencedores dos prémios da Academia Portuguesa de Cinema

"O último banho", de David Bonneville, venceu, este sábado, 18 de junho, os prémios Sophia de melhor filme, enquanto o documentário "A metamorfose dos pássaros" valeu a Catarina Vasconcelos a melhor realização.

Na 11.ª edição dos prémios Sophia, O último banho, a primeira longa-metragem de Bonneville e candidato a 13 prémios, conquistou ainda as categorias de melhor argumento original (David Bonneville e Diego Rocha) e melhor direção artística (Bruno Duarte), de acordo com um comunicado da Academia Portuguesa de Cinema, que organiza a iniciativa.

A metamorfose dos pássaros foi também distinguido nas categorias documentário em longa-metragem, montagem e som.

Ana Moreira (Sombra) e Miguel Borges (Terra nova) foram eleitos melhor atriz principal e melhor ator principal, respetivamente, enquanto os prémios de melhor atriz secundária foi atribuído a Ana Cristina Oliveira (Sombra) e o de melhor ator secundário a João Nunes Monteiro (Diários de Otsoga).

Já a melhor série/telefilme foi Glória de Tiago Guedes.

Na cerimónia, que decorreu no Casino Estoril, em Cascais, foram ainda entregues os prémios Sophia Estudante a Gonçalo Ferreira, com a curta-metragem Punkada, e o Sophia de Carreira ao produtor, realizador, programador e divulgador Abi Feijó, um dos nomes de referência do cinema de animação feito em Portugal.

Nomeado em 12 categorias, o filme Bem Bom, de Patrícia Sequeira, uma ficção a partir da história da formação do grupo pop feminino Doce e o filme português mais visto em sala em 2021, venceu apenas duas: melhor guarda-roupa e maquilhagem e cabelos.

O prémio de melhor direção de fotografia foi para Luís Branquinho (Terra Nova), melhor banda sonora original para Hugo Leitão (Serpentário) e melhor caracterização/efeitos especiais para Miguel Teixeira e Markus Frank (Terra Nova).

O lobo solitário de Filipe Melo venceu na categoria de melhor curta-metragem de ficção, enquanto Eunice, ou a carta a uma jovem atriz de Tiago Durão conquistou o de melhor curta-metragem de documentário. A melhor curta-metragem de animação foi A mulher do médico de Bruno Simões.

Na sessão de anúncio dos nomeados, em maio, o presidente da Academia Portuguesa de Cinema, Paulo Trancoso, entregou ainda o prémio Arte & Técnica ao realizador Manuel Matos Barbosa e ainda a Vanessa Alvarez, pelo projeto Cine-Caravana, dedicado à exibição gratuita de cinema português ao ar livre.

Fotografia disponível no Facebook da Academia Portuguesa de Cinema

NO GERADOR ABORDAMOS TEMAS COMO CULTURA, JUVENTUDE, INTERIOR E MUITOS OUTROS. DESCOBRE MAIS EM BAIXO.

Já pensaste em tornar-te sócio gerador?

Ser Sócio Gerador é ter acesso à assinatura anual da Revista Gerador (4 revistas por ano), a descontos nas formações da Academia Gerador, passatempos exclusivos, experiências e vantagens na cultura.

Shopping cart
There are no products in the cart!
Continue shopping
0
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}
Copy link
Powered by Social Snap