A Culturgest apresenta, entre os dias 26 de setembro e 10 de janeiro, um mapeamento pelas várias abordagens ao universo do som ao longo do último século.

Em “A Exposição Invisível”, o curador Delfim Sardo propõe uma viagem histórica, que parte do projeto homónimo apresentado pelo mesmo em Espanha e Israel, em 2007.

Nesta exposição recuamos até artistas modernistas como Raoul Hausmann, Luigi Russolo, Marinetti ou Kurt Schwitters, que convivem com obras de artistas portugueses como Luisa Cunha, Ricardo Jacinto, Julião Sarmento ou Pedro Tudela.

De acordo com a organiazação, “como complemento à convivência de instalações sonoras e de peças mais intimistas para serem ouvidas com auscultadores, a exposição inclui ainda um conjunto de momentos singulares a ocorrer noutros espaços, dentro e fora da Culturgest”.

Mais informações aqui.

Local: Galerias do Centro Cultural de Belém
Horário: Terça a domingo 11:00–18:00
Preço: 3€ (entrada gratuita ao domingo)
Fotografia de Vera Marmelo