Maria da Conceição Vassalo e Silva da Cunha Lamas. Uma mulher que não é reduzível a uma definição única. Ativista pelos direitos das mulheres, jornalista, escritora, por vezes fotógrafa, tradutora, antifascista e democrata. Amiga dos seus amigos, um coração aberto a todas as pessoas.


«O Amor exprime para mim a vida, explica a minha existência assim como define a minha personalidade», escreve a própria, em outubro de 1984, para publicação através de Helena Neves (Biblioteca Nacional de Portugal, Espólio E-28, caixa 53).

Fomos descobrir mais sobre a vida e obra de Maria Lamas e agora traçamos-lhe um retrato através do perfil que podes descobrir no link abaixo.

Lê o perfil completo, aqui! Este perfil foi inicialmente publicado na Revista Gerador de setembro de 2021.

Texto de Andreia Monteiro
Fotografia da cortesia de Alice Vieira
gerador-perfil-maria-lamas