Bem começo este texto a querer dizer que um teste ao ADN é o que todos no mundo deviam fazer, é uma experiência única com resultados francamente surpreendentes.

Saber que temos no nosso sangue ADN keniano ou inglês como é o meu caso, dá toda uma nova forma de ver o mundo, os povos e os países.

Da próxima vez que for a Inglaterra o sentimento será diferente, e conhecer África a fundo virou uma certeza.

Já há algum tempo que nas minhas pesquisas sobre África e a história de cabo-verde me perguntava de onde seria em África, qual a minha ligação, de onde eram os meus antepassados antes de irem para cabo-verde.

Andei a fazer pesquisas entre os grupos étnicos e ver se eram parecidos ou não, tanto com a família do meu pai ou da minha mãe, criando desta forma uma confusão enorme, cada vez mais queria respostas e a frustração por não as ter, ou pelo fraco conhecimento dos meus Pais sobre a sua história ou antepassados deixaram-me triste e frustrado.

Percebi com isto que para a maior parte dos meus familiares e conhecidos de origem Africana a morar em Portugal é extremamente difícil fazer uma árvore genealógica, algo que nos deixa sem muita margem para pesquisar.

Até que por milagre surge uma nova (nova para mim) forma de sabermos a nossa história, totalmente credível e que não custa aquele exagero que sempre pensei que poderia custar, sempre pensei que um teste de ADN que desse este tipo de informações fosse muito caro, um luxo.

Até que um amigo meu, através de uma empresa sediada nos estados unidos fez o seu teste e colocou no instagram, epah uma nova esperança para o Varela, e assim foi depois de fazer o registo no site e a comprar recebi o KIT em minha casa, veio com algo parecido com a tal zaragatoa que tanto ouvimos falar nos últimos tempos e todo um kit xpto que me fez pensar em ir ao centro de saúde pedir ajuda, mas as instruções eram bastantes claras e até foi fácil, depois de tudo feito toca de enviar isto para os EUA , e agora enfrentar a dolorosa espera, sou uma pessoa muito ansiosa e não foi fácil.

Havia alturas que ia ao email umas 10 vezes, outras que me esquecia e depois pensava que já tinha passado muito tempo e já devia ter o resultado, ia ao email e puff, nada.

Até que um dia, na minha gestão normal da minha caixa de email , surge um email da dita empresa, parecia Natal, dancei, dei uns pulos e bora lá ver isto, juro mesmo por tudo que foi uma sensação incrível que não consigo explicar,talvez por ter sido algo que há muitos anos que queria fazer e saber, a apresentação do que somos e o que nos circula no sangue vem em forma de vídeo sempre acompanhado de uma música que a partida já nos dá uma dica do que aí vem, e depois no site temos todo um mundo para explorar , é muito completo ao ponto de ter uma lista enorme de correspondências ao nosso ADN, pessoas que também fizeram o teste e com quem podemos contactar através do site, há vários níveis de correspondência, e é tudo bem explicado no site, já soube de pessoas que encontraram familiares perdidos através deste site usando o menu das correspondências.

E isto é o que eu sou, norte de África era algo que já tinha como uma certeza Queniano deixa-me muito contente é um País que gostava muito de conhecer, agora 9.5% de Inglês?? Hum nunca na vida ia imaginar que tinha sangue Inglês.

Claro que com esta novidade e como bom RP que sou muitos amigos e familiares incluindo a minha esposa quiseram fazer o teste, e as surpresas têm sido muitas, mas daquelas mesmo de nos deixar de boca aberta.

Até agora para mim o teste mais surpreendente foi o da minha esposa, que é do Alentejo a mãe nasceu na Madeira, e o Pai é Alentejano, a típica família caucasiana sem qualquer conhecimento de misturas mas o que aparece no teste dela? Um monte de misturas deixo aqui o resultado do teste dela, que por acaso tem sangue Nigeriano também.

Somos mesmo todos uma grande mistura, gostava de poder fazer este teste a umas certas pessoas, acho que não há nada que pague termos a possibilidade de ver um racista a ver o seu vídeo de apresentação do ADN e ele saber que tem sangue Nigeriano ou do Congo, o ser humano é de facto um ser incrível e estamos todos juntos e misturados, somos todos primos.

Não vou divulgar o nome da empresa, porque estou farto de fazer publicidade gratuita e ainda só me ofereceram um desconto, mas pesquisem no google que vai aparecer este e mais alguns.

Até à próxima primo.

-Sobre Nuno Varela-

Nuno Varela, 36 anos, casado, pai de 2 filhos, criou em 2006 a Hip Hop Sou Eu, que é uma das mais antigas e maiores plataformas de divulgação de Hip Hop em Portugal. Da Hip Hop Sou Eu, nasceram projetos como a Liga Knockout, uma das primeiras ligas de batalhas escritas da lusofonia, a We Deep agência de artistas e criação musical e a Associação GURU que está envolvida em vários projetos sociais no desenvolvimento de skills e competências em jovens de zonas carenciadas.Varela é um jovem empreendedor e autodidata, amante da tecnologia e sempre pronto para causas sociais. Destaca sempre 3 ou 4 projetos, mas está envolvido em mais de 10.

Texto de Nuno Varela
Fotografia de Lucas Coelho