A AMAEI - Associação de Músicos Artistas e Editoras Independentes - realiza nos dias 10 e 11 de Dezembro, a 3.ª edição da conferência profissional dedicada ao mercado da música digital, em Portugal. Tendo como objetivo debater e discutir realidades, esta edição conta com a presença de diferentes plataformas, em formato digital.

Com o objetivo de apresentar e discutir temas como a criação de NFTs para artistas independentes, novos modelos de crescimentos numa indústria cada vez mais artist-centric e apresentar as atualizações das grandes empresas com o YouTube ou Amazon, a AMEI leva a palco uma reflexão sobre a importância da indústria da música em constante mutação.

Fundada em 2012, a AMAEI é a Associação Profissional Fonográfica que reúne os Produtores Fonográficos Independentes em Portugal, sejam eles editoras independentes ou músicos artistas auto-editados, associando-se a WIN (network mundial) e IMPALA (network europeia).

A Digital Music Days conta com o apoio da MERLIN - uma empresa sem fins lucrativos que agrega e negocia os direitos fonográficos independentes ao nível global, negociando royalties em acordos comerciais com as plataformas em pé de igualdade com as grandes multinacionais da música - desde a edição de estreia, que aconteceu em 2019, no Centro Cultural de Belém.

Esta edição acontece num formato exclusivo online e conta com a presença de diferentes oradores como: Miguel Carretas, (Audiogest), Juan Ele (Trianosfera), Dina Koutsouflakis (Storry), Luís Clara Gomes (Moullinex), Henriette Heimdal, entre outros. Podes consultar a programação completa aqui.

Texto de Patrícia Silva
Fotografia via Unsplash
Se queres consultar mais notícias, clica aqui.