A partir desta quarta-feira, dia 1 de agosto, decorre a 4ª. edição do Porto Pianofest que levará à Invicta vários artistas internacionais, assim como masterclasses e conferências que junta pianistas de renome a jovens estudantes.

O concerto de abertura acontece esta quarta-feira, no primeiro dia do evento, na Casa da Música, pelas 21h00, com um projeto de arranjos originais sobre composições de João Paulo Esteves da Silva, que atua com a Orquestra Jazz de Matosinhos.

O festival decorre até dia 9 de agosto e traz ao Porto artistas como Mariel Mayz, pianista e compositora norte-americana, e José Ramón Mendez, músico espanhol que dirige o Festival Internacional de Piano de Gijón (Espanha) e o Stony Brook Piano Festival, em Nova York (Estados Unidos da América).

De acordo com a página do festival, o objetivo é “cultivar o diálogo artístico internacional” e fortalecer a atividade cultural no Porto, tanto através de atuações de pianistas nacionais e estrangeiros como do desenvolvimento das aptidões dos jovens pianistas portuenses.

Paralelamente às atuações vão ser feitas masterclasses e conferências, abertas a pianistas avançados e pré-profissionais que estejam interessados em desenvolver as suas competências, que vão ter a oportunidade de estudar em sessões particulares e públicas com docentes e artistas convidados.

Para além das aulas, lecionadas no Conservatório de Música do Porto, os participantes das masterclasses vão ter a oportunidade de atuar para o público nas séries “Jovens Talentos Internacionais” e “Recital dos Participantes do Festival”, que vão acontecer entre 06 e 08 de agosto.

O Porto Pianofest foi criado em 2016 e conta com vários parceiros, entre os quais a Câmara Municipal do Porto e a Casa da Música.

Texto de Ricardo Ramos Gonçalves
Fotografia de Tadas Mikuckis via Unsplash

Se queres ler mais entrevistas sobre a cultura em Portugal, clica aqui.