Com um programa dedicado ao tema “Listening”, a 10ª edição do Festival de Música de Setúbal vai decorrer entre os dias 20 e 22 de novembro.

Este ano o contexto pandémico obrigou à redução e adaptação do programa do Festival, tendo os os alunos das escolas de música da região de Setúbal encontrado novos formatos de co-criação e de partilha. Assim, Setúbal vai ser palco de concertos, performances, criações artísticas e masterclasses, combinando diferentes géneros musicais e integrando jovens locais, entre os vários artistas de renome convidados.

O programa começa no dia 20, as 21h00, no Fórum Municipal Luísa Todi, com o concerto “Música e Natureza”, pela Orquestra de Câmara Portuguesa e pela Camerata do Festival de Música de Setúbal, com André Gaio Pereira no violino e direção, Sofia Sousa na viola e Pedro Carneiro como maestro.

No dia 21 de novembro, Filipa Palhares leva a cabo a “Oficina de música coral”, seguida de um momento de reencontro e partilha de música e poesia de jovens músicos profissionais de Setúbal – “As Estações”. O grupo A Garota Não atua às 18h no Fórum Municipal Luísa Todi. Ainda no sábado mais duas atuações: “O Silêncio que fica entre palavras que dançam”, d’A Garota não e da Academia Dança Contemporânea de Setúbal, e “Escuta a minha Oração”.

No domingo, último dia do festival, vários locais da cidade voltam a ser palco de espetáculos. A festa de encerramento vai decorrer no Fórum Municipal Luísa Todi, num momento que se divide em duas partes: a mostra do filme “Escutar a Diferença”, com composição e direção de Merit Ariane e a participação de alunos da APPACDM – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Setúbal e dos conservatórios regionais de Setúbal e Palmela; e uma segunda parte com a atuação do Ensemble Juvenil de Setúbal.

Segundo a organização, “este é um evento único, pioneiro e verdadeiramente inclusivo por conciliar uma programação composta por artistas de renome, nacional e internacional, com um conjunto de espectáculos que nasceram da participação e do empenho da comunidade setubalense, em particular de crianças e jovens das escolas de música de ensino regular e especial, promovendo a escuta e a partilha de experiências”, lê-se em comunicado.

Os bilhetes para os eventos do 10.º Festival de Música de Setúbal devem ser adquiridos ou levantados no Fórum Luísa Todi. No caso específico dos ingressos podem ainda ser comprados aqui.

Texto de Bárbara Dixe Ramos
Fotografia via website do Festival de Música de Setúbal