A Costureira prefere ficar fora do mainstream, portanto, não se encontrará nenhuma informação sobre o seu trabalho na internet. A jornada pode passar por estilos como Samba, Afrobeat, Funk, Soul ou até mesmo Electro.

A experiência acumulada ao longo dos muitos anos de vida nômade, o grande conhecimento das áreas suburbanas mais alternativas e procuradas de toda Europa, o estudo de diferentes influências culturais e o próprio gosto pessoal, permitiram desenvolver um caminho sonoro onde os tempos e os lugares do mundo fundem-se em uma viagem exclusiva e atípica.