"A Mim, Nunca" é a nova série que vai estrear no dia 17 de janeiro na RTP Play. Protagonizada por Teresa Tavares e com banda sonora de Noiserv, a série parte de uma ideia original de Joana Dias, com base numa história verídica de violência doméstica.

A nova série RTP Lab espelha uma história comum em Portugal, um dos crimes mais cometidos: violência doméstica. Em 2021, a locutora e repórter de rádio e televisão na RTP, Joana Dias, criou o podcast "A Mim, Nunca", na Antena 1, sobre a história de trauma e abuso que a mesma viveu. Do podcast para o ecrã, em "A Mim, Nunca", acompanhamos os dias de Joana, uma jovem mulher interpretada pela atriz Teresa Tavares que, após o trauma emocional proveniente de uma relação abusiva com Rui (Leonardo Proganó), tenta encontrar um novo rumo para a sua vida e a do seu filho Lucas (Vicente Ramirez), que também sofre os efeitos da relação abusiva - começou a tornar-se violento com os colegas, deixou de ser tão comunicativo e tem alguns problemas em dormir. Joana é confrontada pelo homem que destruiu a sua vida e que continua a persegui-la, para retomar o controlo sobre a sua vida.

"A história que queremos contar é verdadeira e acontece todos os dias em Portugal, daí a sua importância e urgência em ser contada. Só em 2020 foram assassinadas 51 mulheres, homens e crianças em situação de violência doméstica, mais 16 face ao ano anterior. De acordo com a APAV, foram registadas 13093 ocorrências, à parte das inúmeras vítimas que permanecem em silêncio, ano após ano, devido ao receio de represálias por parte dos agressores.", afirmam os realizadores Ana Brás e Pedro Gomes, que trabalharam a partir da criação de Joana Dias, imbuindo as suas perspetivas individuais na história em episódios que assinam individualmente, assumindo uma co-realização no terceiro e último.

A produção desta série é da Promenade, de Justin Amorim, responsável por filmes como Leviano e séries como Casa do Cais ou a mais recente 5Starz, ambas estreadas na RTP Play.

Texto de Patrícia Nogueira
Still frame de "A mim, Nunca"

Se queres ler mais notícias, clica aqui.