A partir de 5 de maio até 29 de setembro, a cidade de Lisboa acolhe nos seus jardins a 13ª edição do Festival Somersby Out Jazz.

Aos já conhecidos Jardins da Torre de Belém, do Campo Grande e da Estrela, que têm sido o palco para as edições anteriores, junta-se este ano o Parque da Bela Vista, e a Ribeira das Naus para receberem tardes de jazz, soul, funk e hip-hop. Destacam-se nomes nacionais e internacionais como Jéssica Pina, Samuel Lercher, Gatu Preto, Tighten Up Lisboa DJ’s e outros nomes que preenchem um cartaz eclético.

Somersby Out Jazz todos os domingos de maio a setembro.

Para além da música, este ano a marca que já há três anos patrocina o Festival, pretende “estar próxima dos consumidores e oferecer os melhores momentos de convívio e descontração. Este ano iremos estrear as Somersby Talks, com conversas em tom descomplicado e positivo que só a marca pode proporcionar”, refere Maria Estarreja, Diretora de Patrocínios, Águas, Sidras & Outras Categorias em comunicado de imprensa. 

O fundador do Festival, José Filipe Rebelo Pinto não deixa de apostar no valor da cidade afirmando que esta “ainda tem muito para oferecer” e que os diversos espaços verdes da cidade “possuem capacidade para receber um evento desta dimensão e que só beneficiam em ser mais dinamizados”. 

 

Cartaz da edição deste ano do Somersby Out Jazz

Contudo, a preocupação pela preservação do meio ambiente é um aspeto característico do Festival. #Outjazzsempalhinhas é um dos comportamentos adoptados pretendendo sensibilizar o público para práticas mais sustentáveis, juntando-se ao Movimento Claro, assim como a utilização de copos reutilizáveis pelo preço de 1€ que poderão ser adquiridos ao longo do Festival. 

Texto de Rita Matias dos Santos

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.