fbpx
Menu Grande Pesquisa
Carrinho0

Abril traz música e teatro para miúdos e graúdos ao palco de Almada

O Teatro Municipal Joaquim Benite anunciou recentemente a programação para o mês de abril. A lista inclui teatro, peças infantis e música para preencher as vontades de quem resida ou se desloque a Almada.

Até dia 3 a Companhia de Teatro de Almada traz ao palco a peça Além da Dor. Com texto de Alexander Zeldin e encenação de Rodrigo Francisco o espetáculo é inspirado nos livros de John Steinbeck, no teatro de Peter Brook (com quem trabalhou), no cinema de Mike Leigh e Ken Loach e na realidade que o rodeava, de profunda precariedade laboral. A trama retrata palco quatro trabalhadores contratados para as limpezas numa fábrica de processamento de carnes que não podem sequer tirar uma dia de folga.

A 9 de abril será a vez da Otto Productions mostrar a peça António e Cleópatra. Com texto e encenação de Tiago Rodrigues, que inclui citações da obra homónima de Wiliam Shakespeare.

No mesmo dia estreia ainda o Monólogo de uma mulher chamada Maria com a sua patroa. Criado, escrito e interpretado por Sara Barros Leitão e produzido por Cassandra, este espetáculo tem um título roubado clandestinamente a um texto do livro Novas cartas portuguesas. O ponto de partida foram os documentos dos arquivos do primeiro Sindicato do Serviço Doméstico em Portugal, que teve o seu primeiro congresso em 1979, no qual estiveram presentes mais de nove mil mulheres. A peça viaja até ao século XIX, à primeira greve das criadas em Portugal, e depois atravessa todo o Estado Novo, e vem até aos dias de hoje. Sozinha em palco, Sara Barros Leitão vai contando as lutas das empregadas domésticas ao longo do tempo, dos seus desafios de mobilização e organização, e as histórias dessas mulheres, tantas vezes invisíveis, mas cujo trabalho é essencial para as nossas vidas. A peça estará em cena dias 9 e 10 de abril.

A 23 e 24 o palco de Almada recebe UND. Com texto de Howard Baker, encenação de Rogério de Carvalho e produção da associação cultural Artes e Engenhos, o espetáculo conta a história de uma mulher judia que aguarda a chegada do seu amante, um oficial nazi, durante a segunda guerra mundial.

O Misantropo, da companhia de Teatro de Almada, chega a 29 de abril e estará em cena até 22 de maio. O texto é de Martin Crimp a partir de Molière e a encenação de Nuno Carinhas nesta nova versão do clássico mais famoso de Molière que retrata um intenso conflito entre a conformidade e a inconformidade.

Além das peças para adultos o Teatro Municipal Joaquim Benite terá ainda peças para crianças: a 2 e 3 de abril a peça Händel... lá com essa música; a 16 e 17 Sibí & Pip e a 23 e 24 de abril o Barbeiro de Sevilha

Além do teatro, haverá música no palco almadense. A 2 de abril Orquestra Sinfónica Portuguesa e Coro do Teatro Nacional São Carlos trazem a palco o Concerto Coral – Sinfónico. Já a dia 28, será o Ciclo jovens músicos que irá tomar as rédeas da sessão.

A Câmara Municipal de Almada informa que a marcação de bilhetes deve ser feita através da Bilheteira do Teatro Municipal Joaquim Benite nos horário de de quarta a sábado das 13h30 às 22h30 e domingos das 13h30 às 19h30.

Fotografia cedida pela Câmara Municipal de Almada

O Gerador é parceiro da CMA

NO GERADOR ABORDAMOS TEMAS COMO CULTURA, JUVENTUDE, INTERIOR E MUITOS OUTROS. DESCOBRE MAIS EM BAIXO.

Já pensaste em tornar-te sócio gerador?

Ser Sócio Gerador é ter acesso à assinatura anual da Revista Gerador (4 revistas por ano), a descontos nas formações da Academia Gerador, passatempos exclusivos, experiências e vantagens na cultura.

A tua lista de compras
O teu carrinho está vazio.
0