De 5 a 15 de Setembro, a vídeo-instalação aleph estará aberta ao público no Atelier Concorde em Lisboa. É uma criação de João Cristóvão Leitão que se inspirou no universo literário do escritor argentino Jorge Luis Borges.

Trata-se de uma experiência individual (entra uma pessoa de cada vez) que tem a duração de 13 minutos. Por esta razão, é aconselhável fazer-se uma marcação prévia, de forma a garantir lugar imediato.

Baseada no conto homónimo do escritor Jorge Luis Borges, “Aleph”, esta vídeo-instalação parte da ideia de que é possível chegar-se a um lugar onde nos é dada a conhecer a realidade de forma total, isto é, de todos os ângulos possíveis, incluindo todas as percepções. Teremos todo o universo dentro de nós? Como ter acesso a essa experiência una do conjunto de quanto existe?

A obra de João Cristóvão Leitão procura explorar estas questões, confrontando duas formas de difundir/incorporar imagens: aquilo que nos é dado a ver versus aquilo que nos é conferido pela linguagem. Para tal, a vídeo-instalação aleph consiste num corredor onde são colocadas duas projeções, uma em cada lado, que estimulam a visão, enquanto uma voz off serve de guia com determinada narrativa (nada inocente). Estes dois canais estão, a priori, em oposição mas, consoante a interpretação de quem está presente, poderão unificar-se para a consagração duma ideia – a ideia fundadora da obra.

 

Texto de Maria Costa
Imagem de João Cristóvão Leitão

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal clica aqui.