O Teatro Aberto inicia, em janeiro, mais uma estreia cénica. O próximo espetáculo surge como continuidade de um ciclo dedicado à juventude. Depois de “Golpada”, de Dea Loher, e de “Doença da Juventude”, é a vez da estreia de “Alma”.

Tiago Correia é o autor da peça, cujo texto venceu o Grande Prémio de Teatro Português na edição de 2018. A encenação fica a cargo de Cristina Carvalhal e conta com interpretação de Bernardo Lobo Faria, Bruna Quintas, Guilherme Moura e Sofia Fialho.

“’Alma’ é a história de quatro adolescentes em busca de um futuro que apazigue o vazio dos dias”, pode ler-se em comunicado. O espetáculo está disponível às quartas, sextas e sábados, às 21h30; quintas, às 19h; e domingos, às 16h.

Texto por Gabriel Ribeiro
Fotografia de Filipe Figueiredo

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.