O festival Walk&Talk divulgou no passado dia 27 de maio o projeto 9.5, uma espécie de preâmbulo da 10ª edição que surge com uma base “na colaboração, partilha e solidariedade”. A partir do dia 9 de julho a plataforma online estará disponível e, até 19 de julho, irá apresentar projetos, eventos e atividades artísticas.

“O Walk&Talk vai transitar entre lugares, propondo novos mapeamentos e ensaiando circuitos alternativos de interação e afetos. É um teste à forma como continuamos a mover ideias entre lugares e públicos, e o primeiro momento de uma conversa sobre comunalidade que vamos desenvolver até à 10ª edição do festival, no nosso programa de residências e em atividades do Circuito de Conhecimento”, descreve Sofia Carolina Botelho, codiretora artística, no comunicado de imprensa.

Jesse James, co-director artístico, acrescenta que “o conceito de comunalidade vai acompanhar, de perto e à distância, os projetos artísticos em criação, propor novas comissões e expandir espaços de reflexão e partilha. Vai também traduzir-se no próprio exercício curatorial que tem sido desenvolvido numa lógica horizontal de articulação com artistas, curadores, parceiros e equipa, colaborações que priorizámos nesta edição, porque como agentes culturais é nossa responsabilidade agir para atenuar as situações de vulnerabilidade profissional que foram acentuadas com a pandemia.”

Entre as novidades do programa estão o ciclo de conversas temáticas Talk About, em podcast, a Summer School para jovens da região, e ainda o lançamento da Rádio 9.5, transmitida em FM e online. A plataforma será também palco para projetos de música, dança e performance. Os conteúdos da edição 9.5 ficarão disponíveis online depois do evento, com o intuito de formar um “arquivo intemporal que vai permitir refletir sobre a produção artística no momento atual e apoiar a preparação do Walk&Talk em 2020”.

Podes recordar a reportagem que o Gerador fez no ano passado no festival organizado em São Miguel, nos Açores, aqui.  Sobre a edição de 2020, podes saber mais aqui.

Texto de Carolina Franco
GIF via Walk&Talk

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.