“A Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) deu orientações aos museus, monumentos e palácios na sua dependência para que fossem suspensas todas as atividades públicas, quer aconteçam em locais fechados ou abertos, no contexto do surto do novo coronavírus”, escreve a Lusa. Por este motivo, as Câmaras Municipais estão a anunciar o encerramento de museus, galerias, cinemas, monumentos, bibliotecas e teatros municipais, Juntas de Freguesia, bem como alguns espaços destinados à prática desportiva.

No caso de Lisboa, estas medidas extendem-se ao Teatro São Luz, ao LuCa, ao Teatro do Bairro Alto, ao Padrão dos Descobrimentos, ao Cinema São Jorge, ao Museu Nacional de Arte Antiga, ao Mosteiro dos Jerónimos, à Casa da América Latina e à Fundação José Saramago. Também neste período, as actividades desportivas de recinto fechado, assim como todas as visitas de lazer, turismo ou de âmbito cultural promovidas pelo município, serão contempladas pelas mesmas medidas. O mesmo se passa com as actividades complementares à acção educativa, visitas de estudo, passeios promovidos pela autarquia ou com o recurso ao serviço de transportes da Câmara Municipal. Quanto às iniciativas concretas já programadas com cada Junta de Freguesia, a Câmara irá proceder a avaliações.

O Festival de Animação de Lisboa – Monstra e 13.ª da Festa do Cinema Italiano foram adiados, embora as datas ainda não tenham sido anunciadas. O Talkfest – International Music Festivals Forum e os Prémios dos Festivais Ibéricos, previstos para sexta-feira e sábado, foram adiados para o período entre 15 e 17 de Outubro, anunciou a Associação Portuguesa de Festivais de Música (Aportfest).

A Fundação Calouste Gulbenkian cancelou os 12 concertos da temporada de música. O Centro Cultural de Belém cancelou a celebração do Dia Mundial da Poesia, prevista para 21 de Março, bem como, juntamente com o Organismo de Produção Artística (OPART) o adiamento de A Valquíria, a ser apresentado na quinta-feira e no domingo, para 22 e 25 de Outubro.

“De acordo com a autarquia, “estas medidas estão sujeitas a avaliação permanente”, definindo-se para já a sua vigência a partir de quarta-feira e até 03 de abril.”, escreve a Lusa.

No Porto, o Teatro Municipal, a Galeria Municipal, o Pavilhão da Água, no Parque da Cidade, a Casa das Artes, o Cineclube do Porto e os centros de educação ambiental, foram encerrados. Tal como em Lisboa, as actividades atividades desportivas promovidas no âmbito do município, realizadas em recintos fechados, todas as visitas de lazer, turismo ou de âmbito cultural, bem como as complementares à acção educativa, foram canceladas, e, por enquanto, as feiras e mercados estão em funcionamento. O grupo Porto Editora suspenderá todas as atividades públicas agendadas até ao final de Março.

Em Braga, o Theatro Circo, Museu da Imagem, Centro Qualifica, Edifício do Castelo, gnration, a Casa dos Crivos, Torre de Menagem, Fonte do Ídolo, as Termas da Cividade e a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva estão encerradas.

Texto de Raquel Botelho Rodrigues e Lusa
Fotografia de Peter Lewicki, via Unsplash