De 24 a 29 de agosto Lisboa recebe a 9º edição do Festival Internacional de Magia de Rua de Lisboa. Sob a direção artística de Luís de Matos, Lisboa Mágica traz, 15 artistas de 8 países que apresentarão 158 espetáculos repartidos por 11 locais da cidade.

Desde 2006, até 2010, Lisboa encheu-se de curiosos de todas as idades para receber o Festival Internacional de Magia de Rua de Lisboa. Em 2018 o Lisboa Mágica regressou às ruas da capital no âmbito do programa "Lisboa na Rua" da EGEAC, para trazer às ruas da cidade o que de melhor se faz no âmbito da Magia de Rua a nível mundial, numa celebração da universalidade e intemporalidade da linguagem artística, em absoluta e surpreendente interação com o espaço público.

A 9.ª edição do festival, que terá lugar na Praça do Município, no Parque Bensaúde, no Palácio Baldaya, no Museu da Marioneta, no Anfiteatro de Pedra, na Quinta da Alfarrobeira, no Jardim Bedeteca dos Olivais, na Quinta da Granja, no Jardim Museu Lisboa, no Jardim da Biblioteca de Alcântara e no Jardim do Torel, traz nomes como Amèlie (Espanha), Charlie Caper (Suécia), Civi Civiac (Espanha), Cliff The Magician (Inglaterra), Dan Marques (Brasil), Flip Mattia (Itália), Francis Zafrilla (Espanha), Gisell (Perú), Mad Martin (Argentina), James James (Inglaterra), Jonathan Barragán (França), Pepe Lirrojo (Espanha), Peter Wardell (Inglaterra), Rafael Titonelly (Brasil) e Txema Muñoz (Espanha), num total de 158 espectáculos.

Este ano, à semelhança de 2020, o programa e os locais serão adaptados de forma a cumprir as regras de segurança determinadas pela DGS, estarão disponíveis máscaras e serão colocadas alcatifas redondas com diâmetro de 1 metro, distanciadas entre si por 1,5 metros (ou outra medida entretanto decidida) por forma a garantir o determinado afastamento físico.

O festival é gratuito, mas é necessária a reserva, que pode ser feita, aqui.

Texto de Patrícia Nogueira
Fotografias de Ana Dias
Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal clica aqui.