Estreia no dia 7 de abril na RTP2 Atelier d’Arquitetura, uma série documental com 26 episódios sobre arquitetura portuguesa contemporânea. Com uma emissão semanal, o projeto da autoria de Victor Neves e Carlos Lopes pretende mostrar “um olhar” sobre as “reais incidências" da arquitetura “na sociedade portuguesa atual”, segundo a explicação divulgada pelo canal. O primeiro episódio mostra o Museu do Côa, em Vila Nova de Foz Côa — um espaço inaugurado em 2010 para apresentar uma visão da arte rupestre do vale. 

Cada episódio tem uma duração prevista de 25 minutos e pretende abordar diferentes áreas que tocam a arquitetura e são discutidas atualmente, como o design feito por arquitetos,  a arquitetura do betão ou da pedra, e os novos desafios do azulejo na arquitetura. Vendo Portugal na sua multiplicidade arquitetónica, o programa também vai incluir nos seus conteúdos os arquipélagos da Madeira e dos Açores. 

De edifícios já concretizados — como a nova sede da EDP em Lisboa ou o novo Terminal de Cruzeiros — para a execução de projetos, a série faz jus ao seu nome e mostra ateliers de arquitetos em dois episódios, tendo em vista dar a conhecer a vida interna desses espaços, com as rotinas do dia-a-dia dos arquitetos enquanto e as suas dinâmicas de trabalho. 

Entre os nomes sonantes de arquitetos que vão ter um foco de atenção na série estão Álvaro Siza, Eduardo Souto Moura, Gonçalo Byrne, Patrícia Barbas, João Luís Carrilho da Graça, José Manuel Carvalho Araújo, Miguel Arruda, João Mendes Ribeiro, Camilo Rebelo e Tiago Pimentel. Além destas foram também divulgadas as participações de Os Espacialistas, Cannatà e Fernandes, os ARX, o atelier SAMI e a ceramista Maria Ana Vaz da Costa. Historiadores, escritores, engenheiros, sociólogos e arquitetos paisagistas também vão ser incluídos na série através de entrevistas, ajudando a dar uma perspetiva plural.

Atelier d’Arquitetura é a segunda série de arquitetura da RTP, estreando oito anos depois de A Casa e a Cidade, uma série de oito episódios de meia hora que resultou de uma parceria entre a RTP2 e a Ordem dos Arquitetos, produzida pela produtora Pop Filmes. O projeto de Victor Neves e Carlos Lopes é produzido pela empresa Até ao Fim do Mundo, com o apoio da revista ARQA- Arquitetura e Arte na seleção de conteúdos. 

Texto de Carolina Franco e Lusa
Fotografia de Museu do Côa disponível via Facebook

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.