Quarta-feira, 30 Janeiro 2019

auéééu

A companhia auéééu foi fundada no dia 13 de maio de 2014 e é constituída por um grupo de nove atores – nascidos entre os anos de 1982 e 1993 – licenciados em 2014 pela Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC). O grupo, cujas origens são diversas (Porto, Viana do Castelo, Lisboa, Portimão, Lousã), ambiciona estruturar um programa coletivo de criação teatral com vista a desenvolver uma dramaturgia de autoria própria baseada no diálogo entre pensadores e criadores provenientes de vários ramos do saber, no cruzamento de linguagens artísticas e na apropriação das linguagens não-artísticas, e na multidisciplinariedade da formação de cada membro da companhia e daqueles que a apoiam (áreas como a música, psicologia, dança, artes plásticas, filosofia, antropologia, história, cinema, literatura, pedagogia, botânica, mecânica e teatro). Esta companhia pretende pensar a criação em coletivo, na qual se vão reorganizando os lugares de decisão e onde se valoriza a diferença. Procura também desenhar territórios de encontro através do que se pode chamar «corpo sensível», um corpo que sente e pensa enquanto escreve; consciente desse jogo cénico, utiliza o real dentro da ficção e a ficção dentro do real.

Após o exercício final da licenciatura na ESTC, intitulado Falta Tinta Vermelha, o grupo decidiu dar continuidade ao seu trabalho, apresentando este espetáculo em contexto profissional, desta vez na Comuna Teatro e Pesquisa, em 2015. Nos anos seguintes, o grupo apresentou na Rua das Gaivotas 6, na Comuna Teatro de Pesquisa, no Teatro Taborda, no Teatro Nacional D. Maria II (Ciclo Recém-Nascidos’16), no Trampolim Gerador e no Teatro Municipal Sá da Bandeira de Santarém o espetáculo Tradição. Iniciou, em 2016, com o grupo de dança Espaço Neutro, uma criação a partir da Ilíada, de Homero, que deu origem à primeira parte da trilogia 9 Anos Depois, apresentada na Comuna Teatro e Pesquisa. A segunda parte, já sem a colaboração do Espaço Neutro, foi apresentada na Rua das Gaivotas 6 e no Teatro Ibérico, em 2017. Tendo obtido o reconhecimento por parte da Fundação GDA, o grupo foi contemplado com um apoio à circulação deste mesmo espetáculo, tendo vindo a ser realizada ao longo de 2018. Estreará o seu próximo espetáculo, Um Passo Atrás, dia 9 de Fevereiro no CC Olga Cadaval, em Sintra, seguindo-se de uma digressão pelo país.

Para saberes mais sobre eles, espreita aqui:

https://www.facebook.com/aueeeuteatro/

https://www.instagram.com/aueeeuteatro/

Espetáculo “9 ANOS DEPOIS – a partir da Ilíada”, fotografia de Alípio Padilha


Se queres conhecer mais autores portugueses, clica aqui.

MAIS ARTIGOS DE

Notícias 17.Jun.2019

Academia de Música de Lisboa comemora 15 anos com espetáculo especial no CCB

Como forma de celebrar o seu 15º aniversário, a Academia de Música de Lisboa preparou um espetáculo especial que irá decorrer esta quarta-feira, dia 19 de junho, no Grande Auditório…

Exposições 17.Jun.2019

CCB inaugura nova exposição “Os Ossos da Arquitetura”

Esta terça-feira, dia 18 de junho, o Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa, apresenta a nova exposição “Os Ossos da Arquitetura”, que ficará patente na Garagem Sul da instituição.…

Notícias 17.Jun.2019

5ª edição da EXIB Música homenageia Zeca Afonso e Mercedes Sosa e distingue artistas da cultura ibero-americana

Na 5ª edição do EXIB Música - Expo Ibero-americana de Música, que decorreu pela primeira vez na cidade de Setúbal, entre os dias 13 e 15 de junho, o cantautor…

Notícias 17.Jun.2019

“Estuário” de Lídia Jorge vence XXIV Grande Prémio de Literatura DST

A escritora portuguesa Lídia Jorge é a vencedora do XXIV Grande Prémio de Literatura atribuído pelo grupo empresarial DST, com a obra “Estuário”. De acordo com comunicado da DST, o…

Entrevistas 17.Jun.2019

Entrevista a João Lourenço: “Nós vivemos dentro de um aquário, e era bonito tornarmo-nos pássaros e voar.”

Antes de pisar os palcos, João Lourenço deu os primeiros passos, em 1952, como intérprete da Emissora Nacional, uns anos mais tarde, chega à Companhia Rey Colaço-Robles Monteiro, do Teatro…

Notícias 17.Jun.2019

Tomara vem à Central Gerador, no Lumiar, para um concerto de entrada livre

Na sexta-feira, dia 21 de Junho às 21h, o incrível Tomara vai até à Central Gerador no Lumiar, para um concerto inesquecível de entrada livre. Tomara é o nome com que…