fbpx
Quarta-feira, 30 Janeiro 2019

auéééu

A companhia auéééu foi fundada no dia 13 de maio de 2014 e é constituída por um grupo de nove atores – nascidos entre os anos de 1982 e 1993 – licenciados em 2014 pela Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC). O grupo, cujas origens são diversas (Porto, Viana do Castelo, Lisboa, Portimão, Lousã), ambiciona estruturar um programa coletivo de criação teatral com vista a desenvolver uma dramaturgia de autoria própria baseada no diálogo entre pensadores e criadores provenientes de vários ramos do saber, no cruzamento de linguagens artísticas e na apropriação das linguagens não-artísticas, e na multidisciplinariedade da formação de cada membro da companhia e daqueles que a apoiam (áreas como a música, psicologia, dança, artes plásticas, filosofia, antropologia, história, cinema, literatura, pedagogia, botânica, mecânica e teatro). Esta companhia pretende pensar a criação em coletivo, na qual se vão reorganizando os lugares de decisão e onde se valoriza a diferença. Procura também desenhar territórios de encontro através do que se pode chamar «corpo sensível», um corpo que sente e pensa enquanto escreve; consciente desse jogo cénico, utiliza o real dentro da ficção e a ficção dentro do real.

Após o exercício final da licenciatura na ESTC, intitulado Falta Tinta Vermelha, o grupo decidiu dar continuidade ao seu trabalho, apresentando este espetáculo em contexto profissional, desta vez na Comuna Teatro e Pesquisa, em 2015. Nos anos seguintes, o grupo apresentou na Rua das Gaivotas 6, na Comuna Teatro de Pesquisa, no Teatro Taborda, no Teatro Nacional D. Maria II (Ciclo Recém-Nascidos’16), no Trampolim Gerador e no Teatro Municipal Sá da Bandeira de Santarém o espetáculo Tradição. Iniciou, em 2016, com o grupo de dança Espaço Neutro, uma criação a partir da Ilíada, de Homero, que deu origem à primeira parte da trilogia 9 Anos Depois, apresentada na Comuna Teatro e Pesquisa. A segunda parte, já sem a colaboração do Espaço Neutro, foi apresentada na Rua das Gaivotas 6 e no Teatro Ibérico, em 2017. Tendo obtido o reconhecimento por parte da Fundação GDA, o grupo foi contemplado com um apoio à circulação deste mesmo espetáculo, tendo vindo a ser realizada ao longo de 2018. Estreará o seu próximo espetáculo, Um Passo Atrás, dia 9 de Fevereiro no CC Olga Cadaval, em Sintra, seguindo-se de uma digressão pelo país.

Para saberes mais sobre eles, espreita aqui:

https://www.facebook.com/aueeeuteatro/

https://www.instagram.com/aueeeuteatro/

Espetáculo “9 ANOS DEPOIS – a partir da Ilíada”, fotografia de Alípio Padilha


Se queres conhecer mais autores portugueses, clica aqui.

MAIS ARTIGOS DE

Entrevistas 14.Abr.2021

Vera Fernandes: “A Buzina é sustentável por consequência (…) atualmente, é uma opção”

A partir da vila de Joane, no concelho de Vila Nova de Famalicão, Vera Fernandes criou a Buzina, uma marca de roupa que é reflexo do seu estilo pessoal e…

Notícias 13.Abr.2021

Uso de máscaras fez aumentar problemas vocais dos artistas

O uso de máscaras faciais, imposto no âmbito das medidas de prevenção contra a Covid-19, fez aumentar o número de patologias da voz, desde março de 2020, sobretudo nos aparelhos…

Notícias 13.Abr.2021

In Tranz YT é o nome da nova companhia de dança de Famalicão

"Apoiar bailarinos recém-formados, oferecendo-lhes uma plataforma onde se possam concentrar em desenvolver o seu talento, num ambiente profissionalizante de uma companhia de dança, idêntico ao que irão encontrar no seu…

Agenda 13.Abr.2021

"Monólogos da Vagina" regressa ao Teatro Armando Cortez

É no dia 19 de abril que a Yellow Star Company leva "Monólogos da Vagina" até ao palco do Teatro Armando Cortez. O teatro acontece pelas 21horas e conta com…

Notícias 13.Abr.2021

Luisa Cunha, das linguagens multidisciplinares ao Grande Prémio Fundação EDP Arte 2021

A artista Luisa Cunha foi a vencedora da edição de 2021 do Grande Prémio Fundação EDP Arte. Destacando-se pela originalidade, ousadia experimental, multidisciplinaridade, e pioneirismo no uso de novas linguagens,…

Notícias 13.Abr.2021

"But First, a Rebellion" pelas mãos de Tamara Alves

A artística que abraça a arte urbana inaugura a sua exposição na galeria municipal da Amadora, no dia 15 de abril pelas 18h30. "But First, a Rebellion", é composta por…

{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}
X
X
Copy link
Powered by Social Snap