IDEIA LUMINOSA

E MORRERAM FELIZES PARA SEMPRE

Psiquiatria, dança, cultura portuguesa, beleza e um brinde no fim. O espetáculo de teatro imersivo, num dos pavilhões do Hospital Júlio de Matos, que tomou conta da agenda cultural lisboeta no ano de 2015. A afluência de público foi de tal ordem que obrigou a sucessivas datas extras. Foi refrescante, novo e inesperado.

[fontawesome icon="fa-long-arrow-right" circle="no" size="small" iconcolor="#333333"]emorreramfelizesparasempre.com