Realizador, documentarista, visualista, mentor do projecto “A música portuguesa a gostar dela própria”, vencedor do prémio Megafone 2010 na categoria "Missão”, desenvolveu um estilo único a documentar, recolher e misturar imagens em movimento. Os seus filmes remetem para manifestações de cultura imaterial como a música, rituais e performances, que exploram o conceito da tradição e da memória colectiva. Entre os seus filmes destacam-se os premiados; "11 Burros Caem no Estômago Vazio" (2006) e "Quem Canta Seus Males Espanta" (1998) e o recente “Porque Não Sou o Giacometti Do Sec. XXI (2015). Tem em parceria com o Silvio Rosado o projecto musical Sampladélicos, onde a tradição e a tecnologia se fundem numa complexa mistura de passado, presente e futuro. É também locutor no programa de rádio na Antena 1 "O Povo Que Ainda Canta”. Em 2015 foi considerado o homem do ano na categoria "Música" pela revista GQ.

Mais sobre A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria.