O Azores 2027,candidatura de Ponta Delgada a Capital Europeia da Cultura, criou um programa de residências artísticas que decorre em todas as ilhas dos Açores . A convocatória “9 x 9 – Artistas são Ilhas, Ilhas são Artistas” destina-se a artistas portugueses e estrangeiros residentes em Portugal, e a artistas da Letónia – já que em 2027 este país acolhe, em conjunto com Portugal, o evento Capital Europeia da Cultura. O objetivo da convocatória passa por incluir as ilhas mais periféricas do arquipélago, neste tipo de projetos, atenuando as barreiras de acesso a experiências artístico-culturais.

Assim sendo, podem candidatar-se ao programa profissionais que queiram desenvolver projetos nas áreas das artes literárias, visuais e performativas. É ainda permitido o cruzamento de áreas artísticas, como: literatura, teatro, dança, performance, novo circo, artes de rua, fotografia, escultura, instalação, pintura, arquitetura, vídeo e cinema. Caso participem, os artistas devem ainda ter o cuidado de indicar a ilha e o espaço de trabalho em que estão interessados, de acordo com a disponibilidade do calendário apresentado pela organização.

No final, serão selecionados nove projetos de artistas individuais que, posteriormente, vão ter direito a dez dias de residência artística numa ilha açoriana. Para além do apoio logístico que inclui alojamento, alimentação e transporte, cada artista vai receber ainda 1500 euros e uma bolsa de produção até 1000 euros.

As candidaturas estão abertas até 31 de agosto e os resultados são conhecidos a 15 de setembro. O regulamento do programa pode ser consultado aqui.

A convocatória “9 x 9 – Artistas são Ilhas, Ilhas são Artistas” é uma colaboração Azores 2027, Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas e Part’ilha – Associação de Cultura e Desenvolvimento Local, em parceria com várias instituições e agentes das nove ilhas dos Açores.

Texto de Isabel Marques
Fotografia disponível via Unsplash