Foi apresentada no passado dia 26 de abril, no Theatro Circo, em Braga, a programação do projeto Quadrilátero Cultural, que agrega os municípios de Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães. Este projeto propõe uma programação transversal aos quatro municípios minhotos nos seus espaços culturais de referência.

De acordo com o comunicado de imprensa, este programa tem como objetivo a promoção da “valorização e divulgação de bens culturais e patrimoniais através de uma seleção de património cultural e natural que apresenta um potencial de atractividade e projeção desta região”. 

Na programação apresentada na segunda-feira, que vai do dia 1 de maio a setembro deste ano, encontram-se o espetáculo Joscho Stephan Trio, no Theatro Gil Vicente, assim como uma masterclass dada pelo guitarrista; o Ciclo de Piano Contemporâneo (com João Paulo Esteves da Silva e Filipe Raposo, Dada Garbeck, Júlio Resende e Rui Massena), no Theatro Circo, em Braga; o espetáculo de circo contemporâneo “Local”, do Instituto Nacional de Artes de Circo, a ser apresentado em Famalicão; "Vaamo share oque shop é Beiro Pateiro”, um espetáculo da coreógrafa Vera Mantero acompanhada pela Companhia Dançando com a Diferença, apresentado pel’A Oficina, em Guimarães. Paralelamente aos espetáculos existe um registo da fotógrafa Mariana Vasconcelos, que visitou estas quatro cidades e nos convida a “Um novo olhar sobre Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães”, “Quase um mapa” de Paul Hardman, e uma instalação de arte urbana de Aheneah. 

A Associação de Municípios de Fins Específicos Quadrilátero Urbano, fundada em 2010 e impulsionada pela diretiva “Politica de Cidades – Polis XXI”, integra os Municípios de Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães e pretende ser “um pólo de competitividade territorial de excelência no noroeste peninsular, referência como laboratório de inovação urbana e empresarial”.

Podes saber mais sobre o Quadrilátero Cultural, aqui.

Texto de Carolina Franco
Fotografia de Mariana Vasconcelos

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.